Arroz Carreteiro

De acordo com a Wikipedia, “o arroz carreteiro (ou arroz-de-carreteiro) é um prato típico da culinária brasileira, originário do Rio Grande do Sul. Surgiu quando os carreteiros (transportadores de cargas) que atravessavam o sul do Brasil em carretas puxadas por bois coziam em panela de ferro uma mistura de charque picada (guisado) com arroz“.

Outro dia fiz uma abóbora com carne seca e sobrou um pouco da carne já refogada. Na hora me veio a ideia do carreteiro. Eu usei aquela carne da caixinha. Veja –> aqui como ela foi refogada. Para essa receita que rende 4 porções, os ingredientes foram: 1/3 de gomo de calabresa picada; 2 colheres (sopa) de bacon picado; 1/2 cebola pequena picada; 2 dentes de alho picados; 1 tomate sem semente picado; 1 e 1/2 xícara de carne seca refogada; 2 xícaras de arroz cru; Temperos: sal, pimenta do reino e cheiro verde (de acordo com seu paladar).

Refoguei a calabresa e o bacon e na gordura que soltaram juntei a cebola e em seguida o alho. Somei o tomate e a carne seca que já estava temperada. Acrescentei o arroz, 1 colher (café) de sal e cobri com água fervente. Deixei cozinhar com a panela semi tampada até diminuir bem a água, então tampei e esperei terminar o cozimento do arroz. Polvilhei pimenta do reino, cheiro verde e uns cubinhos de queijo minas. * Como a carne seca já estava bem temperada eu usei pouco tempero nesta receita. Se você fizer com a carne seca apenas desfiada, sem tempero, aumente as quantidades de alho e cebola e acrescente 1/3 de pimentão picadinho.

Ficou com dúvida?

Comente aqui no post ou Veja minha página de dúvidas frequentes

22 Comentários

  1. QUERIDA…ESTOU ADORANDO SEU SITE….DIVINO…AMANHÃ MESMO FAREI O FRANGO COM CALDO DE MILHO VERDE….OBRIGADA…HUGS

  2. Obrigada! Vou fazer isso então! Amanhã posto os elogios!!! rs com vc no comando é certo! bjs

  3. Oi Tati, tudo bem? Fiz com arroz parboilizado, ficou uma delícia mas gostaria que ficasse mais molhadinho. Será que se eu fizer com arroz branco, vai ficar mais molhado ou é a mesma coisa? Alguma sugestão? Obrigada! bjs

    • Ele é um pouco mais seco sim, mas em todo caso, coloque mais agua, é isso que vai deixar mais úmido, desligue o fogo antes dela secar bem e deixe tampadinho.
      bjs

  4. Tati, o arroz ficou uma delícia! Marido e filhos adoraram! Para acompanhar fiz a barca de abóbora com carne seca! Hum…maravilha!!!Obrigada pelas receitas! Você sempre salvando nossas vidas! bjs

  5. Joel Moreira disse:

    A mixigenação no Brasil não é só racial. Ainda bem, porque nossa culinária é excelente.
    Temperos e ingredientes versáteis.

  6. Joel Moreira disse:

    Excelente sugestão. Um prato versátil e apetitoso. Gostaria de saber se funciona com sobra de arroz?

  7. Ana disse:

    Fiz ontem essa receita! Ficou uma delícia!! Adorei a dica… bom para inspirar nossos cardápios! Um beijo!

  8. Grazi disse:

    nossa ta com uma cara otiiiiima…

  9. Claudinha disse:

    Tati, testei ontem mesmo e não é que deu certo??? rs
    E ainda coloquei uma mandioquinha que estava ficando velhinha na geladeira.
    ô trem bão …

  10. Patricia disse:

    para nós do nortão o arroz carreteiro leva tudo isso e mais algumas verduras tipo cenoura, abóbora, vagem…..bem como diz os chiques "RESTONDONTÊ" é o prato do dia

  11. Carol Marques disse:

    Ai que dilíça Tati…. acho que vou fazer para o final de semana… beijos.

  12. Olá Tati!

    Nossa, você faz o arroz carreteiro exatamente como a minha mãe faz, com carne seca, calabresa e bacon. E eu sempre achei q fosse exagero da minha mãe, já que por aí, o arroz carreteiro é feito apenas com carne seca.

    Amei saber que a minha mãe é q estava com a receita certa! Esse tomatinho faz uma diferença nesse arroz, eu amooo…

    Beijooo…

  13. Jaque disse:

    Aqui no Sul quando é arroz com linguiça e outras "sobras" chamamos de "Arroz de China Pobre"…

    bjoos!

  14. que arroz!!!!!!! é de amarrar qualquer homem (que não seje vegetariano) vou fazer! thankyou!!!!

  15. Thais disse:

    Oi Tati, o povo da fronteira (cidades próximas ao Uruguai e Argentina) faz o carreteiro com poucos ingredientes, bem campeiro mesmo, tipo arroz, charque e cebola e sal para temperar (e olhe lá!).

    E claro, usar as sombras de churrasco (daí vale carne, salsichão – linguiça) é sempre uma boa pedida.

    Bj

  16. CAROL disse:

    muito bom vou fazer

  17. Mel Bueno disse:

    Hum, faz tempo que estou com vontade de comer esse arroz, mas estava com medo de fazer….agora com esse passo a passo chic da Tati…tomei coragem e vou fazer no fds….Tati vc eh mesmo um anjo!!
    bjs

  18. Um arroz bem apetitoso Tati, adorei

    bjs!!

  19. Ana Paula disse:

    Ai que saudade do meu avô! Ele fazia sempre esse arroz!
    Obrigada pela receita Tati.
    Bjs

Deixe uma resposta