#Buenosaires sem Rumo Certo

Eu não fiz planejamento nenhum para essa viagem. Como já conhecia Buenos Aires vim sem nenhuma “obrigação” com os pontos turísticos, saio andando por aí e entro onde der na telha.
Um desses dias pegamos o metrô (linha D) e descemos na estação Juramento. Logo na saída encontramos a  “Iglesia La Redonda” que é linda! Ao lado dela tem um café e uma sorveteria Freddo, ambos tem uma arquitetura incrível.

De lá caminhamos até o Barrio Chino que na verdade são algumas ruas com lojinhas e supermercados com produtos chineses. Para quem conhece a Liberdade (em São Paulo) esse Barrio Chino é bem sem graça, mas se tiver uns dias livres vale à pena.


De lá pegamos um táxi e fomos até a rua Baez, em Las Cañitas. Essa rua é cheia de restaurantes e vale uma visita. Paramos no Novecento porque era o primeiro da rua e já estávamos morrendo de fome!


Atendimento bacaninha, lugar bonito e comida boa, mas nada espetacular. Preço justo, porém um pouco mais alto do que outros do mesmo nível.


De noite fomos no La Barra, que era bem perto do apartamento porque não tínhamos mais disposição p/ grande deslocamentos. Você pode tomar um café, jantar ou tomar uma cerveja e beliscar algumas coisa, que foi o que fizemos.

O La Barra fica na esquina da Córdoba com a San Martín e tem a cerveja mais gelada da cidade!
Sexta-feira já estou em casa: ai que saudade da minha cozinha!!! Prometo abastecer o Panela de receitas boas combinado?

Ficou com dúvida?

Veja minha página de dúvidas frequentes