Passeio pela Vinícola Concha y Toro

Esse é um programa turistão para se fazer em Santiago, mas quer saber, eu AMEI! Eu gosto muito de vinho, mas não entendo nada além do básico. Também consumo pouco, uma vez que meu marido prefere cerveja e acabo sempre entrando na onda dele. Talvez para quem aprecie vinhos e conheça mais a fundo compense ir à outras vinícolas, com vinhos melhores, tours mais completos e tal, mas eu adorei o fato do tour ser rápido porque ouvir gente teorizar sobre vinho me dá uma preguiiiiça sem fim!

Para chegar a vinícola você pega a linha azul escura do metrô e desce na estação La Mercedes, lá tem um monte de taxistas ávidos por turistas, aí é só pedir para ir até a Conha y Toro (fica baratinho). Faça reserva pelo site com antecedência.

O metrô transita pela superfície e vai margeando as cordilheiras, a vista é bonita e mesmo demorando uns 40 minutos (o trajeto da linha azul inteira), vale à pena pela paisagem:


Chegando na vinícola a guia se apresenta e começamos o tour. Optei pelo tour tradicional com degustação de 2 vinhos (um tinto e um branco). Nosso grupo era formado 100% por brasileiros!


O lugar é encantador, uma paisagem de tirar o fôlego! Por isso vale à pena ir em um dia em que o tempo esteja bom.


Visitamos a parte externa da casa de verão do fundador da Vinícola Don Melchor. Lindíssima!


Andamos pelas parreiras e ouvimos explicações rápidas sobre cada tipo de uva. Tudo numa linguagem bem simples para os pobres mortais que como eu, não cheiram rolhas e não sentem notas de frutos silvestres e orvalho do campo quando degustam um vinho.


Visitamos as bodegas onde estão armazenados os vinhos. A guia contou a história que deu origem ao vinho Casillero del Diablo. Com direito a imagem do “chifrudo” e tudo.


E claro, tem as degustações! As taças você pode levar de brinde e elas podem ir na bagagem de mão.

Na vinícola tem lojinha e wine bar. Fizemos planos de almoçar lá, mas não reservamos e como no dia estava tendo um evento, dançamos. Reservem!
Site: http://www.conchaytoro.com/web/tour/?lang=es

Veja –> aqui todas postagens da minha viagem ao Chile.

Ficou com dúvida?

Veja minha página de dúvidas frequentes

9 Comentários

  1. Mirian E. disse:

    Tati, estamos com viagem marcada para Santiago p/ 171 e estou vendo suas dicas, vamos ficar 4 noites , ainda não li sobre isso mas queria te perguntar o que NAO podemos deixar de ver ou fazer lá em Santiago? Obrigada estou anotando e entre elas está "não tomar o tal cha" rsrsrs.Bj

  2. Hum…que delícia..além de ser lindo e inspirador!
    bjs

  3. Dani disse:

    Como a Cris falou, vc vai amar o Vale dos Vinhedos (Bento Gonçalves), assim como a cidade de Gramado!!
    Adoro seu humor hehe.
    Abraços e curta a viagem! Ah, o hoje vou preparar mais uma vez aquele strogonoff de carne rápido para meus amigos!

  4. Aiiii…Ainda bem que o tempo está passando rápido e a data da minha ida para o Chile está cada dia mais próxima!!

    Obrigada por todas as dicas Tati, estou anotando tudo e irei visitar todos os lugares que você está indicando, como ficarei mais uns dias, poderei ver tudo com calma!!!

    Meu medo ainda é o clima, estou com medo de estar muito frio! rs

    Beijo e obrigada pelos posts maravilhosos!

  5. Bruxa do 203 disse:

    Lindo mesmo! É turistão, mas ao mesmo tempo bem agradável e cultural.

  6. Diana disse:

    Tatiana: sou súper fã sua e adoro ler tuas postagens. O que mais curto é o teu humor, que se afina muito com o meu.
    Quase chorei de rir com o parágrafo em que vc define os pobres mortais que não cheiram rolhas e não sentem notas de frutos silvestres e orvalho do campo quando degustam um vinho. HAHAHHAHA
    Amei.
    Beijo e que continues curtindo muuuuito essa merecida viagem.

  7. Cris disse:

    Amo, amo, amo muito tudo isso!!!! Também sou fã de vinho, mas meu marido também não é fão e como você acabo indo na onda dele…
    Você já visitou o Vale dos Vinhedos no Rio Grande do Sul?
    É lindo de viver… Fiz um tour na vinícola Casa Valduga (minha favorita), e também levei a taça pra casa…. Mas quebrou na última mudança….