Humilhação no Restaurante Coco Bambu Jk

Antes de começar a tecer a minha indignação, deixa eu explicar algumas coisas para vocês leitores, que podem não entender como funciona esse esquema de assessorias e tal.

Uma vez que você é uma figura conhecida em algum meio de comunicação as assessorias te convidam para conhecer lugares, e no meu caso que sou blogueira de receitas, ocorre que a maioria dos convites são para restaurantes. Em resumo as assessorias perguntam se vc quer conhecer o restaurante “x”, fazem a reserva, você vai, come de graça, posta alguma coisa nas redes sociais e pronto, conseguiram propaganda barata. É assim que funciona.

Eu geralmente só aceito convites do tipo se for em um local que eu já conheço e sei que é bom ou se for um evento com mais blogueiros e tal, aí vou pelas pessoas, para interagir. Mesmo assim dos mais de 50 convites que já recebi devo ter ido em dois. Eu geralmente não aceito pelos seguintes motivos:

  1. Gosto de ter liberdade de expressão e se eu aceitar o convite vou me sentir “na obrigação” de elogiar a casa, então prefiro pagar pelos restaurantes que vou.
  2. Eu não faço permuta. Meu espaço publicitário tem um valor porque eu conquistei com muito trabalho e dedicação e se eu fosse fazer permuta custaria pelo menos uns 10 de almoços. Trocar opinião por comida é se desvalorizar.
  3. Todos os convites são para São Paulo, e eu moro quase 100 km de distância. Então em tese eu pago para ir, uma vez que tem combustível, pedágio, estacionamento e o principal, as horas que deixo de trabalhar para ir até lá.

Dito isso vamos aos fatos.

Dia 07 recebi um convite da Gabriela Brazão da Gina von Hertwig Comunicações, para conhecer o restaurante Coco Bambu (unidade JK). Eu fui recentemente no Coco Bambu de Fortaleza. Comi bem, paguei minha conta e divulguei gratuitamente, como faço com os restaurantes que gosto. Como muita gente comentou e se interessou pelo local, achei que seria bacana conhecer uma unidade do mesmo restaurante em São Paulo para ver se tinha a mesma qualidade e poder indicar também.

Informei o dia que seria bom para mim e a Gabriela respondeu confirmando que OK, tudo certo.

Saí de Sorocaba, peguei trânsito e levei mais de 2 horas para chegar. Preocupada, liguei no restaurante para avisar que atrasaria 20 minutos já que eu tinha um outro compromisso antes. Eu disse para a atendente que tinha uma reserva no meu nome e perguntei se tudo bem se eu atrasasse um pouco. Achei logo de cara o atendimento ruim e desorganizado. Ela disse “eu fiz mesmo reserva para uma tal Tatiana, mas não sei agora o sobrenome, mas tudo bem quanto ao atraso“.

Chegamos no restaurante, entregamos o carro para o manobrista e me apresentei para a recepcionista: “Oi eu sou a Tatiana, do blog Panelaterapia e a assessoria de vocês fez uma reserva em meu nome”.

Como havia lugares disponíveis eu senti que ela nem ouviu o que eu disse e me encaminhou para uma mesa, uma vez que nem conferiu na lista meu nome. Foi então que percebendo que ninguém estava falando a mesma língua eu voltei até a recepcionista e perguntei se havia entendido que eu era CONVIDADA do estabelecimento. Ela sem se preocupar em checar, disse que não sabia de nada.

Liguei para a Gina Von Hertwig Comunicações e então fiquei sabendo que a Gabriela que me fez o convite e me confirmou a reserva por e-mail estava de férias. Essa outra pessoa, que também cuida da assessoria do Coco Bambu, me atendeu com muita má vontade inclusive mencionando que estava “tentando me ajudar”, como se estivesse fazendo um favor e isso não fosse uma obrigação dela diante da situação desagradável.Tudo isso comigo sentada na mesa e o garçom sem saber o que fazer.

Nesse momento eu pedi para falar com o gerente. Claro que eu não iria mais almoçar ali, nem que me servissem um banquete, mas ao menos eu me sentia na obrigação de dizer o quanto eles estavam sendo descuidados com essa questão de convidar uma pessoa e depois fazer com que ela se sentisse uma pedinte, e o quanto os funcionários dele eram destreinados, afinal em todo momento me trataram como se eu fosse uma aproveitadora.

A funcionária provavelmente orientada pela casa, disse que o gerente estava em reunião e não poderia me receber. Foi então que liguei novamente para Gina Von Hertwig Comunicações para comunicar que eu estava indo embora e me sentindo extremamente desrespeitada.

Paguei $22,00 por 10 minutos de estacionamento e enquanto esperava o meu carro, para fechar com chave de ouro essa epopéia da má educação a atendente confusa colocou a cabeça para fora do restaurante e gritou para mim: “tá liberada!“.

Aquela frase me soou como “pode vir comer de graça aproveitadora“! Respondi que já estávamos indo embora e segui para Sorocaba.

Gente, agora analisem comigo: eu saio da minha cidade, gasto tempo, gasolina, pedágio, estacionamento, para aceitar um CONVITE, mesmo tendo certeza que seria MUITO mais lucrativo para eles, uma vez que com as despesas que já citei eu poderia comer no melhor restaurante da minha cidade e sou tratada dessa forma????

Coco Bambu: a julgar pela assessoria que vocês contrataram para representá-los dá para entender o quão seus funcionários são destreinados e sem nenhum traquejo para lidar com situações inesperadas. Falta de respeito total de todos os envolvidos. Obrigada por me fazerem sentir uma aproveitadora barata que se vende por um prato de comida.

E por favor, não me convidem mais para comer de graça, porque se antes eu já não gostava da ideia, agora eu tenho certeza que não vale a pena. Aprendi a lição!

Não deu para deixar passar essa! Lamentável!

Parabéns aos envolvidos que conseguiram divulgar o Coco Bambu para mais de 1 milhão de pessoas, e ó: sem nem pagar a conta!!!

Ficou com dúvida?

Comente aqui no post ou Veja minha página de dúvidas frequentes

Tatiana Romano
por Tatiana Romano Criadora do Panelaterapia Conheça a Tati

Tatiana Romano, reside em Sorocaba, deixou a profissão de Psicóloga e Professora para se dedicar à sua paixão pelas panelas e ao blog Panelaterapia que mantém desde 2009. Hoje se dedica a cozinhar, fotografar, escrever e brigar com a balança.

106 Comentários

  1. Raquel disse:

    Tive recentemente em São Luís no restaurante sitado e notei o despreparo dos garçons. Pedi uma entrada q não veio, não fui bem orientada quanto ao cardápio e acabei deixando de comer o camarão internacional ( que seria o carro chefe aqui na regiao), a bebida demorou muito para ser servida, aff…. péssimo atendimento! Fiquei decepcionada

  2. Lili disse:

    Oi! Tbm tive uma situcao péssima nesse restaurante jk em São Paulo! Na minha cidade tem coco bambu e é um dos melhores restaurantes..uma vez fui comer nesse restaurante, pedi o prato de carne de sol pq adoro macaxeira..pois a casa n tinha macaxeira e nem se quer avisou na mesa, trocando sem avisar por batata frita ! tá tudo bem que n tivesse macaxeira, mas em
    Respeito ao cliente no mínimo tinha q avisar, para saber se aceitaríamos a troca …além
    disso o atendimento péssimo dos garçons para completar! Como 10% não é obrigatório, paga qm estiver satisfeito cm atendimento, optei por não pagar…quando já estava dentro do elevador com minha avó de 70 anos, o garçom invadiu o elevador e foi questionar pq n paguei..n estava acreditando naquela cena depois de tudo q aconteceu …esse restaurante é péssimo e desorganizado !

  3. Neide da JM disse:

    Frequento o coco bambu de Fortaleza e o atendimento é muito bom… tenho um filho especial e a atenção é total. Pratos muito bem servidos, preço justo, rapidez no atendimento. Enfim, lamentável o que ocorreu com você.

  4. Bonifácio disse:

    Fui ao cocobambu,e tomei café.

  5. Gabriela disse:

    Tive uma experiência semelhante em fortaleza. O intuito era comprar algo diferente, degustar algo que não era comum em São Paulo. Desandaram chamei o garçom e solicitei uma sugestão. A resposta foi simples e direta: todos são bons, cabe ao gosto do cliente. Resumo, pedimos um prato escroto, e ainda tive que ouve de um dos atendentes que “pedimos um prato ruim”.

  6. Dennys disse:

    eu sou ex funcionário de lá e fui explorado, trabalhava até 14 horas por dia e além disso o serviço de 10% que não é obrigatório cobrar do cliente, então eles descontam do garçom, isso é um crime senhores e por isso eu processei

  7. Jacy disse:

    Deixo aqui meu comentário agradecendo i ótimo atendimento da unidade recem inaugurada em Santana, atendimento, ágil e gentil, sem falar nos pratos que são ótimos e bem servidos, fui conhecer a nova unidade , 0pos moto proximo e as vezes me deslocava até a JK , para poder desfrutar das delicias servidas por eles.

  8. morena disse:

    Parabéns Tatiana!
    Sou Baiana mas atualmente resíduo em Fortaleza e… poxa é de causar mesmo muita indignação ao depararmos com esse tipo de situação.
    Sou produtora e Radialista e já passei por maus bocados por questões muito semelhantes a tua e confesso, dói!
    Infelizmente grande parte desses grandes restaurantes, empresas, shoppings e etc… pecam e muuuuuuuito no atendimento oferecido ao cliente e isso meus caros para mim, é imperdoável.
    o que adianta o lugar possuir estaus, fama, ser sofisticado se o corpo de atendentes que é a porta de entrada do lugar não presta????
    Você fez o correto, abriu os olhos de muitas pessoas. bjoooo!!!

    • Dennys disse:

      eu sou ex funcionário de lá e fui explorado, trabalhava até 14 horas por dia e além disso o serviço de 10% que não é obrigatório cobrar do cliente, então eles descontam do garçom, isso é um crime senhores e por isso eu processei

  9. REINALDO TEIXEIRA DE CARVALHO disse:

    Obrigado Tatiana.
    Está para ser inaugurado uma nova unidade deste restaurante aqui em SP NO no bairro de Santana.
    Estava programando uma visita assim que inaugurasse.
    Depois dos relatos aqui perdi totalmente o interesse.
    É interessante…quanto mais “requintado” e famoso os restaurantes lhe tratam como se você realmente estivesse pedindo um prato de comida gratuita.
    É por isso que prefiro os botecos informais.
    Abraços.
    RTc

    • Essa nova unidade é perto da minha casa e fica no bairro da Casa Verde e não em Santana, embora sejam bairros próximos.

    • Karoline disse:

      Olá pessoal, confesso que fui ao Coco bambu do JK e não gostei muito do atendimento, porém já fui por 2x na unidade de Santana e o atendimento foi excelente! Comida boa e garçons cuidadosos.

  10. Cristina disse:

    Moro muito próximo à uma das unidades em SP e consigo acompanhar o extraordinário movimento desse restaurante,fui uma vez para conhecer achei uma delícia ,comida de qualidade,mas caro para meu bolso . Todas as reclamações aqui referem-se ã atendimento,espero que as gerências se aproveitem desta lição pronta ,para usarem nos treinamentos de seus colaboradores e acredito que no caso de Tatiana teve uma grande falha de comunicação ,principalmente da pessoa que fez o convite, e um grande despreparo de atendimento por parte da gerência,fica aí mais uma lição pra melhorar o que já é bom

  11. Faltou preparo aos funcionários, porém temos que nos atentar a “ação e reação”, se foi o caso, faltou traquejo aos funcionários.

  12. Boa tarde
    estava procurando um restaurante para comemorarmos o aniversário do meu marido hoje, mas pelo jeito o melhor é descartar o Coco Bambu.
    Iriamos na Unidade do Analia Franco -SP, mas não li comentários positivos a respeito
    Vou acabar indo no Si Senior que adoro ….
    Obrigada pelas dicas, ótimo Blog!!

    • Jeziel disse:

      Ontem fui conhecer a unidade Anália Franco, fomos muito bem atendidos. Não fizemos reserva e apesar de a casa estar cheia, não demoramos mais que 20 minutos para conseguir uma mesa para 6. A comida é boa, só não recomendo a cocada assada! Muito doce para o meu paladar.
      As crianças também se divertiram, há um espaço confortável com cuidadores na casa. Boa experiência.

  13. Felipe Rodrigues disse:

    é… primeira vez que pesquiso sobre este restaurante… li o post…e perdi o interesse. Sua visita valeu sim!

  14. Paula disse:

    Ja tive uma experiencia ruim em Brasilia (eu pedi uma farofa extra, pq estava com um Filipino e queria que ele provasse farofa, o garçom achou que eu queria de graça, sei lá, fez cara feia e não trouxe. Pedi 3 vezes e ninguém me trouxe).
    Na saída, pedi ajuda com taxi e me largaram 30 min e não chamaram um taxi. Tive que baixar um aplicativo para conseguir um taxi.
    A comida estava boa, mas o atendimento, péssimo.

  15. Adriana lopes disse:

    Um amigo nosso nos convidou para uma cachaçaria.o camarão que pedimos veio grande ou seja o preço no cardápio não batia com o da conta. Na segunda vez que lá estivemos a conta veio cara ao ponto de nos perguntarmos se não haviam se atrapalhado. As vezes a gente quer variar o cardápio é se distrair mas acaba aranhajando uma baita de uma indigestão.

  16. Fabiel disse:

    Eu acho muito estanho estar julgando um restaurante no geral se teve problema em uma unidade, falo neste caso pois já comi nas unidades de Goiânia e Brasília, no mais, minha noiva já comeu em uma unidade de São Paulo e Fortaleza nunca tivemos qualquer problema.

    • O julgamento é sobre uma situação específica que envolve uma assessoria e o tratamento de um restaurante com alguém que foi convidado e não sobre o restaurante em si, que tenho certeza que trata bem quem está lá pagando e não duvido que a comida seja boa, pois eu mesma já fui na unidade de Fortaleza. Interpretação de texto mandou um abraço!

    • Taiana, você não ganha nenhuma gota de simpatia com a resposta que voc~e deu a este comentário. mas vamos lá………. Eu adoro o seu blog. Acho que vc está corretíssima em relatar o que aconteceu e a falta de profissionalismo do restaurante e da acessoria, que foram péssimas. Pra mim você foi verdadeira, porque poderia ter falado mal de outras questões relacionadas ao cocobambu. Inclusive, eu fui com uma turma de médicos, durante um congresso de gastroenterologia em fortaleza e em brasilia. Em fortaleza a conta deu problema porque estão cobrando a mais. Mesa grande, todo mundo bem de vida, querendo se divertir e comer bem, sem se preocupar com o dinheiro. Uma colega com o celular ligado anotando tudo que pediamos flagrou o problema. Deu ruim pro garçom… corrigimos o valor e não demos 10%.

  17. Andreia Schaeffer Campagna disse:

    Que situação mais desagradavel e desnecessaria.Parece que o comercio de todas as formas no Brasil virou uma disputa pra ver quem desrespeita mais o consumidor.Quase uma vingança que ninguém fez nada para merecer.Falta atuação rigorosa dos orgaos de controle e fiscalização…a cara de um país largado as baratas.

  18. ANTONIO BARBOSA SOBRINHO disse:

    Estava marcando com amigos para almoçarmos neste restaurante. Depois destes relatos já risquei este restaurante das minhas opções gastronomicas.

  19. Daniela disse:

    Minha péssima experiência foi na unidade do Tatuapé. O prato que era pra ser gratinado nem chegou perto do forno, demorou 1 hora pra chegar, o garçom não conhecia o cardápio, e além de embrulhar a comida pra viagem à mesa, o que é constrangedor, apesar de ser à favor de não jogar comida no lixo, cobraram até a embalagem. Achei isso um absurdo!

  20. Danille disse:

    Eu particularmente não me preocupo tanto com atendimento, espera, mas sim com a qualidade da comida! Fui na unidade de Vila Velha achei restaurante agradável, sofisticado mas me decepcionei com a comida achei super normal, porém relativamente cara, pagamos R$ 296,00 na conta que teve uma entrada e um prato de camarão imperial (macarrão com molho vermelho e uns camarões empanados) o macarrão parecia de supermercado, não era uma massa caseira, o molho de tomate muito simples. Quando tiverem oportunidade de virem a Vitória/Vila Velha sugiro o restaurante Preferito de comida italiana, sou viciada, a comida é fantástica, fora do normal!!

    • Rosana Luz disse:

      Sério ? E estava aqui na porta espera do abrir. Já vou optar por outro restaurante depois do ocorrido com a Tatiana e após ler seu comentário.
      Obrigada meninas.

  21. Karine disse:

    Olá, Tati.
    Esse sábado fui no de campinas no shopping Iguatemí, atendimento rápido, super atenciosos, o primeiro chopp não veio muito bom mas os demais vieram perfeitos, pedimos o
    Couvert de entrada, quando derrepente, aquele cabelo preto gigante, nojento, chamamos o garçom ele retirou o prato, uns dez minutos depois veio um alguém da cozinha com uma touca (era cabelo de mulher, veio um homem), se desculpando e com um novo Couvert. Difícil encarar. Pedimos o prato principal, estava ótimo. Fechamos a conta. O que vc espera depois depois dessa situação deselegante, que o gerente venha a mesa se desculpe, de um choppinho, um agradinho…. Nada…. Kkkkk no outback eles atrasam um pouquinho (e olha que a gente adora à espera pq o chopp custa metade do preço, então a gente nem liga de esperar) o gerente vem se desculpa, da mais um chopp e ainda pede para escolher a sobremesa….. Bom demais

  22. LUÃ MACHADO disse:

    VIM PEGAR O ENDEREÇO DO COCO BAMBU DE SALVADOR E PAREI AQUI. PENSANDO BEM. DEIXA QUIETO. DEPOIS DE TANTAS FRUSTRAÇÕES LIDA AQUI, EU VOU FAZER O QUE LÁ?

  23. Adriana disse:

    Encontrei e li seu post não porque estava procurando uma receita, mas o telefone do Coco Bambu para pedir comida em casa. Sou de Brasília e o Coco Bambu é um dos meus restaurantes favoritos pelo bom custo-benefício e pelo ambiente. Uma lástima você ter passado por essa humilhação. Nem que fosse uma cliente comum merecia tamanho descaso, mas como convidada a situação realmente foi vexatória. Mas o que mais gostei do seu post e é esse o motivo que me fez escrever é que você, Tatiana, sabe seu valor e luta para manter a sua dignidade, em primeiro lugar, como pessoa e, depois, como profissional que é. Parabéns por saber se dar o respeito (não se vender por um prato de comida, como você disse), coisa que muita gente, eu inclusive, ainda preciso aprender a fazer. A solução não é ficar quieta nem fazer um barraco, mas responder com classe e sem medo. Bem, agora acabei de conhecer um blog em cuja opinião posso confiar: o Paneloterapia. Já me iludi com blogs de viagens em que a viagem era paga pelo hotel… Você acha que iriam falar mal do hotel?! É claro que não! Enquanto alguns ganham viagens enganando leitores (sim, porque omitir é uma forma de enganar), você está fazendo o seu trabalho com dignidade, profissionalismo e comprometimento.

  24. José Elias disse:

    Ontem foi comemorar aniversário da minha esposa sair de Jundiai pra sp com trânsito e tudo.
    pratos caros 312.00 precisei devolver o prato lagosta dura e fria arroz frio esquentado macarrão uma bosta miséria de pratos joguei
    950.00 no lixo nunca mais
    Uma hora pra trazer o prato ainda precisou voltar pra cozinha
    Nunca mais volto e não recomendo até o atendimento deixou a desejar
    Gente
    Estou comentando os pratos pois eu conheço pouco de gastronomia sou chef de cozinha a 40 anos e tem restaurante em Jundiai esse coco bambu simplesmente um propaganda enganosa não vale a pena é muito caro como já falei não volto nei de graça ,prato de 312,00 com lagosta requentada isso mostra o nível desse restsurante

  25. Chris Gurgel disse:

    Curitiba sempre com o melhor serviço sempre. Estive recentemente lá, e o atendimento em todos os lugares é impecável! Deve ser da cultura do povo local.

    • Breno disse:

      Sou de Vitória-ES e ainda não fui na unidade de Vila Velha, município vizinho à capital. Também não achei dos melhores o atendimento da unidade JK, porém a comida estava muito boa. Não sei o que acontece com esta unidade. Curitiba também tem bom atendimento. Agora, não entendi o “cultura do povo local”? São Paulo, como um todo, tem um atendimento muito bom, tal qual Curitiba (melhor que Rio e ES, infelizmente).

  26. leandro disse:

    acabei de pedir um prato de camarao,e disse qd chegar me liguem para eu descer pois estou em um hospital.a atendente disse que o entregador nao tinha credito para ligar tinha que ficar esperando.

  27. Silvia França disse:

    Eu conheço o de Ribeirão Preto, os funcionários são gentis, prestativos e muito educados. A comida é muito boa! Nada a reclamar.

  28. Valéria Couto disse:

    Caramba! Acabei de comprar um cupom pro meu aniversário, pra este restaurante! Será que era melhor cancelar e jantar no subway?

  29. Daiane disse:

    Fui uma única vez nesse restaurante em Goiânia de tanto familiares indicar, daí bom,pedimos um macarrão c frutos d mar pq meu marido em viagem aos EUA havia comido um bem gostoso e ele qria ver se ao menos passava um pouquinho perto d q ele tinha comido, qndo chegou o prato, o macarrão era c molho vermelho mto simples q não combinava, não tava nada bom, só dava p sentir o gosto d molho d tomate, e derrepente comendo encontro um fio enorme d cabelo no meio d meu macarrão, já empurrei o prato e meu marido ainda comendo encontra um mexilhão c a boca cheia d sujeira d fundo d mar ..afff.. Quis embora imediatamente p nunca mais voltar..embrulhei o estômago.. Sem contar q a conta n foi nada barata.. Odiei o prato, e o zelo os funcionários c o prato tbm deu medo..

  30. isabel disse:

    A primeira vez que fui ao Coco Bambu foi no Morumbi Shopping. A comida, o ambiente e atendimento estavam ótimos. Numa segunda oportunidade fui conhecer a unidade JK. Tudo lá é ruim… Moro perto do local e fico pensando como o restaurante pode estar sempre tão cheio… Então, pela minha experiência, deve ser um problema de gestão. Quem tiver oportunidade, conheça a unidade do Morumbi Shopping. Vale a pena. Mas risquem da lista a unidade JK. Lamentável!!!

    • isabel disse:

      Desculpem… a unidade é no Shopping Market Place… No dia eu estive nos dois shoppings e acabei fazendo confusão… kkkk

    • odair disse:

      Isabel, endosso seu comentário, aquela unidade do shopping tem um atendimento impecável, hoje vou conhecer a unidade JK, ja estou preocupado.

  31. Aldir Clementi disse:

    É bom saber como ” funciona ” essa rede no Brasil .
    Obrigado pelo alerta vermelho , Tatiana , pois acabei de ver o auto elogio do fundador na Globo News , mas como mentira tem perna curta…
    Seu milhão de acessos ” positivos” na Internet , será multiplicado por 10 contra , por conta daqueles que foram humilhados , e mal tratados como você !!!
    Coco Bambu , tô fora , e arrasto elo menos uns 1000 junto !!!

  32. osvaldo disse:

    ola ,querem conhecer um ótimo restaurante ,venham nos visitar ,restaurante H2 ,localizado no prudenshoping ,cidade de presidente prudente -sp

  33. Dorival Masone disse:

    SEI LÁ……PARECE QUE A COMIDA É MUITO BOA E O PREÇO RAZOÁVEL…..QUANTO AO ATENDIMENTO PARA UM JULGAMENTO JUSTO É PRECISO TAMBÉM OUVIR A OUTRA PARTE………

  34. Ronaldo disse:

    Faltou só jogar um tal “pozinho preto ” no centro desse restaurante pra encerrar com chave de ouro sua “decepção” !

  35. Pry disse:

    Fui pela primeira vez a este restaurante em JAN/2016 no JK. Meu marido me levou para comemorarmos nosso aniversário de casamento . No geral não gostei muito do restaurante e não pretendemos voltar!

  36. tiholle martinho disse:

    tudo bem pessoal, li todos os comentários e fiquei um pouco perplexo, uma rede de restaurante como coco bambu deve ter bons profissionais para treinar suas equipes o que falta na minha opinião e interesse desses funcionários. sou um profissional na área de restaurantes, trabalho a vinte e oito anos ,estão abrindo um coco bambu em Curitiba e eu acho que em matéria de atendimento sera o melhor do Brasil.

    • Pamela Sousa disse:

      acredito que não e por acaso que coco bambu e melhor restaurante de frutos do mar do Pais cada restaurante que abri existem uma gestão diferente. todos oferecer um bom padrão atendimento não envolve a qualidade da comida..

    • Armando Santana disse:

      Tomara, porque estamos todos de saco cheio de tanto mau atendimento desses restaurantes caros e de pouca qualidade. Por essas e outras que andam vazios. Estou preferindo cozinhar em casa ultimamente.

    • Wallace disse:

      Estava comprando um cupom para conhecer, pois moro em Curitiba. Devido aos comentários das demais unidades, penso duas vezes antes de arriscar ao invés de ir em algum que já confio.

  37. Fernando disse:

    Já fui no daqui de Fortaleza, na Beira-mar, achei o atendimento fraco e o garçom

  38. As pessoas ñ respeitam o próximo e querem ser respeitadas e ainda…querem se dar bem!!! Não entendem o poder de um cliente insatisfeito…O cliente é o único que tem a força de fazer uma empresa fechar! Abs querida e Tudo de Bom pra vc…Enza

  39. Sheila disse:

    Nossa Tati que desrespeito!! Independentemente se você é uma blogueira ou apenas uma pessoa comum que iria almoçar. Tratamento incabível. Mas enfim, a reputação do ambiente por si mesmo foi divulgada. Não me surpreende se fechar as portas e o que sempre acontece.

  40. Que vexame hein :/ Já sei que se ouvir o nome desse restaurante saio correndo! HAHAHAH

    diariodocorset.blogspot.com.br

  41. Caramba Tati, que coisa mais desagradável! Mas acho que infelizmente tem muitos estabelecimentos assim por aí né. Uma vez uma blogueira que sigo comentou na página dela que ela também já foi convidada a vários eventos, gastou com transporte, roupa e tudo mais, porém ao chegar ela viu que não era nada do que ela tinha imaginado. Uma pena para eles que não souberam aproveitar sua presença e te receber como deveria, um elogio do Panela além de ser uma honra (por se tratar de quem sabe o que faz e fala) ainda é super proveitoso.

  42. Tatiana,
    Eu sou de Fortaleza e conheço o dono do Coco Bambu. Lamentável o que aconteceu com vc em SP. O daqui sempre sou super bem tratada. Uma pena, pois a comida é uma delicia! E isso de atendimento é um fato lamentável para qualquer restaurante. Pessoas não sabem tratar clientes.
    Beijos
    Adriana

  43. Flávia disse:

    Tatiana, nada disso me admira. O que me admira é você ter sido bem tratada no Coco Bambu de Fortaleza. Esse restaurante NÃO prima pela qualidade de atendimento. Me sinto sempre pedindo favor lá.
    Deixei de ir faz tempo, pq pagar caro pra ser mal atendida não é comigo.

  44. Bia Szasz disse:

    Nossa, eu imagino como voce se sentiu. Ja escutei muita gente falar mal do Coco Bambu em Sao Paulo (e bem em outros lugares), com certeza um lugar que nao vou experimentar! Anotado.

  45. Tatiana, pelo que estou lendo nos comentários, a insatisfação com o atendimento do Coco Bambu, não foi só minha. No final do ano fui com um grupo de amigos nessa unidade, JK, A informação por telefone foi de que não havia necessidade de reserva, porém quando chegamos ao local vimos que não era assim que funcionava. Pessoas eram chamadas na nossa frente sempre com reserva prévia. Foi preciso muita conversa prá refrescar a memória de quem deu a informação pelo telefone e surgir a nossa mesa.Vc tem meu total apoiio.

  46. Sâmia Coser disse:

    Tati, acompanho seu blog há tempo e, certamente, neste post você vingou cada um de nós que já fomos mal atendidos em restaurantes. Eu, que não tenho blog, posto minha indignação no Trio Advisor.

  47. Você fez MUITO BEM Tatiana em divulgar isso no seu blog!
    Fico extremamente irritada quando sou mal atendida em estabelecimentos. E pode apostar que não te trataram assim somente porque era convidada (aliás deveriam atender 1000 vezes melhor por esse motivo), há restaurantes despreparados ao ponto de você se questionar quem está prestando serviço para quem.
    Eu moro em SP e com certeza vou anotar a sua dica de não ir à esse lugar. Mal atendimento não é compensado nem pela melhor comida do mundo.
    É de profissionais como você que a internet está carente.

  48. To passada…nem sei o que dizer além de medíocres……

  49. Islene Teles disse:

    Fez muito bem, Tati. Lamentável. Você deu a volta por cima. "Beijinho no ombro" pra eles. bjs

  50. Pois é, acham que nome vai segurar a barra durante a crise… Realmente o de Goiânia e Brasília tem bons pratos mas atendimento muito blasé como cliente! É o melhor prato da casa, camarão internacional, aprendi fazer e fica idêntico! Quem quiser a receita eu passo é pode evitar qualquer constrangimento!!!

  51. Olga Costa disse:

    Uma pena, sou de Fortaleza, conheço bem os donos e a dedicação deles… Sempre fui bem atendida aki e aí nesse mesmo Côco Bambu JK. Uma soma de mal entendidos e despreparo.

  52. Aconteceu-me semelhante aqui em Portugal. o assessor da agência disse para ir no domingo, fui e quando disse que era convidada disseram que o gerente estava numa reuniao, mas depois viria. Estivemos na mesa e no final pedimos para falar no gerente, mas foi-nos dito que lhe era totalmente impossível vir ver a situação. Como era domingo não dava para ligar para a agência. Pagamos a conta mas nunca voltei a dar atenção aos convites e informações daquele assessor.

  53. Luziane Lima disse:

    Genteee, é tantos erros que nem sei o que dizer! Lamentável…

  54. ValLindinha disse:

    A fachada é de um ambiente refinado, mas o "tá liberada" foi de boteco copo sujo

  55. Dola Varela disse:

    Eu acho que você foi no" CÔCÔ BAMBU", que situação desagradavél.

  56. Paula Borges disse:

    Nossa que falta de educação e treinamento. Funcionários despreparados. Ele estava na minha lista pra conhecer. Acabei de riscar.

  57. Tem uma matéria sobre um caso de um gerente do grupo que ficou com a gorjeta do garçom. Sempre achei esse local mais modinha que qlq coisa. Lição aprendida.

  58. Izadora disse:

    Tatiana, quando li o titulo, cheguei a tomar um susto, achando que era a unidade de Fortaleza. Lá, eu fui muito bem atendida, paguei um preço justíssimo e comi muito, muito bem!

    Um desrespeito sem tamanho. Anotado para não ir quando for a SP.

  59. Fabiano's disse:

    Passa o endereço pra nunca pisar lá!!!

  60. Tá no nome… Cocô de atendimento, enfim…

  61. Tive o mesmo problema com essa assessoria

  62. Juro que li todos os comentários para ver se o restaurante ou a assessoria se pronunciou. Lamentável!

  63. Nossa! Que absurdo! E eu pensando em levar meu namorado lá para jantar no aniversário dele, esquece!!! O mínimo que esperamos de um restaurante é um bom atendimento. Respeito acima de tudo!

  64. Meu Deus. Que horror esse restaurante. Na atual situacao do pais, vai implorar cliente. Leio seu blog, faco varias receitas suas, sei o quao competente voce e por ter construido tudo isso. Sao uns golpistas!!!

  65. Ana Alves disse:

    Já passei por algo parecido co m um vale jantar Viva que ganhei da minha cunhada. Não recomendo o restaurante e tão pouco o vale ViVa.

  66. Christianne disse:

    Este restaurante é nojento @Panelaterapia . Tive tanto aborrecimento no coco bambu Brasília uma vez, reclamei e eles nem deram bola. Funcionários mal treinados e muito despreparados e sem educação . Fiquei sem comer de raiva. Além da comida ser de péssima qualidade ( já havia ido uma vez e resolvi dar uma segunda chance, mas jamais irei novamente) .Esta rede de restaurante é tão ruim que me faz pensar qual o real negócio deles!

  67. Nossa!!! Que horror!!! Eu fui no final de ano e gostei muito da comida. A recepção pareceu despreparada, mas nada que impacta-se o meu atendimento.

  68. Unknown disse:

    Esse Coco Bambu de São Paulo se acha a última bolacha do pacote só porque há fila de espera eterna nos finais de semana. Uma vez fui com a minha familia e minha mãe estava com vontade de comer algum tipo de caldeirada. Perguntada ao garçom sobre as opções de caldeirada, o mesmo ficou fazendo propaganda de um prato com lagosta grelhada que, por sinal, era o prato mais caro da casa. Minha mãe entendeu que fosse uma caldeirada e quase topou a sugestão do "mestre". Ainda bem que eu estava atento e logo comentei que não se tratava do tipo de prato que ela queria. Total despreparo e espírito de malandragem! Não vale a pena!!

  69. Que situação lamentável!!! Estava com meus cunhados e duas crianças, na unidade Tatuapé,gastamos quase dois mil reais de conta, a comida maravilhosa, quando meu filho e sobrinha foram no espaço infantil ( menos de 15 minutos) venho um garçom me informar que colocaria na conta vinte reais a mais!!! Eles cobram R$10,00 por criança p entrarem no espaço infantil!!!! À questão não era dinheiro, pois tinhamos gastado muito, mas é a falta de cortesia do estabelecimento! Nunca mais!!!Perdeu uma bela cliente ! Antipáticos

  70. Andrea disse:

    Conheci o seu blog agora e estou muito feliz por alguém finalmente ter tirado esse restaurante mequetrefe do pedestal em que eles achavam que nunca sairiam.

    Conheço o de Goiânia e os dois de Brasília. São todos péssimos. Fui ao do lago Sul recentemente e tudo que eu pedia tinha gosto de isopor, seco, ruim. O suco era só espuma (isso em todas as redes)… o atendimento é um lixo! Aí fui no Tripadvisor criticar já que as pessoas lá se derramam de elogios para eles. E adivinha? Eles não publicaram a minha crítica, pois estava fora dos parâmetros deles, sendo que em momento algum xinguei na mensagem. Apenas escrevi o que aconteceu. Ou seja: o tripadvisor deve blindar o restaurante provavelmente às custas de muito $$$.

    Safados! Que fechem!

  71. Paula disse:

    Que pena, o Coco Bambu de Salvador é muito bom e o atendimento decente. Esse "tá liberada" merecia um dedo do meio , pqp.

  72. Unknown disse:

    Tatiana, não te conheço pessoalmente. Mas só de acompanhar seu blog e ver seus comentários pode-se ver o quão ética, justa e honesta você é .Conquista não só a simpatia mas também credibilidade perante os seus tantos seguidores. Sou solidária à sua revolta e com certeza, este episódio lamentável gerou uma propaganda extremamente negativa ao local…

  73. Dalila Rosa disse:

    Nossaaaa Tati! Que absurdo!!!
    Eu não consigo acreditar que ainda exista estabelecimento que não se preocupe com o atendimento. Falta de organização e respeito também tem limite, né?
    Você está certa de ter ido embora.
    Bjos

  74. Amor de Mãe disse:

    Fala msm….ta certa de falar
    se fosse eu faria a msm coisa
    imagino comdeve ter se sentido 🙁

  75. Boa noite, Tati!
    Realmente,um grande desrespeito! Esse é outro restaurante que já entrou para a minha lista de "Não vou". Por coincidência, aconteceu algo parecido conosco no final de semana em um restaurante novo, do Jundiaí Shopping. Educadamente dissemos que não iriamos comer ali e saímos. Por mais bonito que seja o restaurante, se os funcionários não são bem treinados e não tem um mínimo de simpatia, a única coisa que conseguiremos ali é ter uma boa "dor de cabeça". É lamentável constatar que tais restaurantes ainda pensam que conseguirão se sustentar com fama, já que em outros quesitos deixam a desejar. Parabéns pela sua atitude! Uma pessoa sincera, educada e confiável. Pelo seu jeito objetivo e alegre de ser que gosto tanto de seu Blog. Um super beijo.

  76. Já passei por isso e realmente, nos sentimos muito humilhada!!! No meu caso fui "premiada" num sorteio! Me senti pior q um cachorro de rua revirando lixo. Nunca mais voltei no lugar, foi a primeira e última vez! Mas por vergonha, gardei o fato só pra mim e só tô contando agora aki!!!

  77. Pigi9114 disse:

    Em frente ao prédio onde trabalho, existem trinta barraquinhas que praticamente vendem a mesma coxinha, o mesmo hamburger, o mesmo refrigerante. Então um cara que veio dar uma palestra motivacional na empresa onde trabalho nos disse que o único diferencial, o único motivo pelo qual fulano escolhe a barraca x ao invés da barraca y é o atendimento, é aquela pessoa que está atrás do balcão. E é verdade. O fator humano é primordial. A comida pode nem ser a melhor, mas se o atendimento for eficaz, a gente até releva a comida não tão maravilhosa.

  78. Pigi9114 disse:

    É por isso que dizem, nesse mundo nada é de graça. Elegância e atendimento cortês passaram longe deste restaurante. Que horror. E o 'tá liberada' foi a cereja em cima do bolo. Meu pai.

  79. Fui tão mal atendida nessa mesma unidade que não ficamos nem para comer.na lista de espera. Um monte de gente chegando e passando na nossa frente e não era reserva. Aí vieram dizer que o funcionário não tinha colocado o nome na lista e já tinha mudado o turno e ele havia ido embora. E nós com isso? Estávamos consumindo drinques e aperitivos o que mostrava claramente que estávamos ali há algum tempo. Resultado pagamos a conta e fomos embora deixando claro o porque. Nunca mais voltei ou voltarei. Pelo jeito não se preocupam com treinamento ou qualidade de serviço. Uma verdadeira arapuca.

  80. Mariane disse:

    Nossa, que absurdo Tatiana. Fiquei até triste com a situação! Imagino o quão humilhante deve ter sido tudo isso, sendo que no final você estava era fazendo um grande favor para eles (já que o rendimento deles seria muito maior que o seu!).. Uma pena tratarem você assim, total falta de preparo e profissionalismo.. Acho que tudo é jeito, existe a forma educada de resolver a situação e a forma mal educada né? Péssimo.. O bom é que com as péssimas experiências, sempre aprendemos alguma coisa né? Um beijo!

    http://dicasparatodas.blogspot.com.br/

  81. Biessa disse:

    hahaha essas pessoas que não entendem o poder de um cliente insatisfeito… :/
    fez mto bem

  82. Olá, Tatiana!

    Que situação super desagradável, pois começou errado por parte da Gina Von Hertwig, pois ela poderia ter avisado que estaria no período de férias e agendar em outro momento, ou no minimo deixar a pessoa que está no lugar dela avisada. No minimo!
    Outro dia li uma matéria super interessante sobre restaurantes e seus péssimos atendimentos. O texto dizia: " O restaurante pode ter um bom conceito, ser super conhecido…O cliente já chega com a expectativa de ser bem recepcionado, um bom atendimento e uma ótima refeição. Porém, se logo na entrada do restaurante o atendimento for péssimo é como um barco que começa afundar, chegando na mesa a falta de atenção do garçom seguir na sequencia do péssimo atendimento. O resultado é certeiro. O barco afunda, pois a comida pode ser excelente, porém é difícil superar se todos os obstáculos não tiverem alinhados…" É verdade, pois a vontade de ir embora é maior de qualquer coisa!
    Já fui em restaurantes que as pessoas parecem q estão fazendo favores…Me levantei, reclamei ao gerente e ainda deixei a minha insatisfação bem clara na rede…É muito desaforo!
    Tem muita ideia legal, muitos restaurantes incríveis…porém, muitas vezes contratam pessoas desqualificadas e sem treinamentos por ser mão de obra barata. Esses restaurantes não visão o futuro e o que essa péssima mão de obra irá acarretar no futuro. É triste, e é uma realidade!

Deixe uma resposta