Jantar para Apoiar Chefe Aprendiz

Dia 08 de novembro, o Restaurante Casa Santo Antônio, premiado pelo Guia Michelin na categoria Bib Gourmand, oferecerá um jantar para apoiar o Chefe Aprendiz, projeto de desenvolvimento humano que usa a gastronomia como ferramenta e capacita jovens de 16 a 18 anos em situação de vulnerabilidade social para inseri-los no mercado de trabalho em cozinhas de estabelecimentos parceiros.

“Estivemos com o Chefe Aprendiz nas edições passadas, que aconteceram no Campo Limpo e em Paraisópolis, e fizemos questão de participar também desta terceira edição na baixada do Glicério. Hoje, temos na nossa cozinha dois profissionais que foram descobertos durante os projetos e que são extremamente talentosos. É gratificante ajudar o Chefe Aprendiz a inserir esses jovens no mercado de trabalho. Mais bacana ainda é ver a forma que eles mesmo apoiam o projeto e fazem de tudo para que o trabalho continue, dando oportunidade para outros jovens”, comenta Mateus Turner, sócio do restaurante Casa Santo Antônio.

Para renovar as esperanças dos jovens agora do Glicério, no centro de São Paulo, o Restaurante Casa Santo Antônio preparou um jantar especial para aqueles que querem ajudar. O menu terá de entrada creme de pupunha com croutons e azeite de manjericão. Ravioli de mozzarella com molho de tomate e manjericão e paleta de cordeiro “porchetata” com molho de tomate são as opções para o prato principal. Para a sobremesa, mousse se doce de leite com pão de mel e calda de frutas vermelhas. Água com e sem gás São Lourenço, refrigerante, uma taça de vinho tinto e café estão incluídos no menu, que terá um valor de R$ 140,00 por pessoa e parte da renda será revertida à causa.

As vagas são limitadas e as reservas podem ser realizadas de duas formas:
Pelo e-mail [email protected] com o assunto Jantar CHEFE APRENDIZ.
Diretamente na página do projeto no facebook:
www.facebook.com/projetochefeaprendiz

aprendiz-dois aprendiz-tres

Sobre o Chefe Aprendiz
Sucesso de audiência no mundo todo, o programa Masterchef inspirou os jovens de Paraisópolis a serem chefes de cozinha. Fruto de conversa com jovens da comunidade de Paraisópolis, a estudante de Gestão de Políticas Públicas Beatriz Mansberger, então com 22 anos, elaborou o projeto para atender ao desejo deles de entender e vivenciar experiências na área gastronômica. Batizado de Chefe Aprendiz Paraisópolis, o projeto piloto, angariou R$ 37.980 em um site de financiamento coletivo e entre abril e julho de 2015 atendeu a 16 jovens em situação de vulnerabilidade social. Ao final do curso, os alunos participaram de uma competição onde cozinharam um menu completo, com uma verba de R$ 250 para cada grupo, e foi avaliado por um júri composto por empresários da área gastronômica, potenciais contratantes e investidores. Com o sucesso do projeto piloto, a segunda edição ganhou força, captou R$ 50 mil e atendeu a mais 16 jovens na região do Campo Limpo em parceria com a ONG Movimento Comunitário Estrela Nova. O projeto agora segue com jantares e eventos para garantir sua sustentabilidade e aplicação na comunidade do Glicério.

Ficou com dúvida?

Veja minha página de dúvidas frequentes

Tatiana Romano
por Tatiana Romano Criadora do Panelaterapia Conheça a Tati

Tatiana Romano, reside em Sorocaba, deixou a profissão de Psicóloga e Professora para se dedicar à sua paixão pelas panelas e ao blog Panelaterapia que mantém desde 2009. Hoje se dedica a cozinhar, fotografar, escrever e brigar com a balança.