Chancliche Caseiro

Esses dias eu recebi os lançamentos da Pitada Natural e um deles era a Pitada Árabe, uma releitura do clássico Zaatar, que é um tempero árabe que eu amo!
A primeira coisa que pensei foi “Chancliche”! Finalmente vou matar minha vontade de comer Chancliche!

Para quem não conhece, vou colocar um trecho do Wikipédia para esclarecer: “O Chancliche… é um tipo de queijo árabe feito com leite de vaca ou ovelha, original da Síria e do Líbano. É preparado em bolas de aproximadamente 6 centímetros de diâmetro e normalmente envolvidas em zaatar“.

Em resumo, Chancliche é uma bolinha de queijo envolvida no tempero. Para consumir você amassa na hora com o garfo, acrescenta azeite, faz uma pastinha e come com torradinha, pão sírio, como quiser. Os Árabes costumam misturar também com tomate, cebola e azeite, enfim, várias possibilidades!

Claro que essa é uma versão caseira, mas olha, ficou muuuuito parecida com a original. Eu até poderia ter feito a minha ricota, mas achei mais prático comprar. Bora anotar os ingredientes:

250g de ricota fresca;
4 col. (sopa) de Pitada Natural Árabe
½ col. (chá) de sal rosa
Azeite o quanto baste.

Modo de Preparo:
Amasse a ricota e misture o sal e ½ col. (sopa) de Pitada Natural Árabe. Vá acrescentando um fio de azeite e misturando até que seja possível formar uma bolinha com a massa. Faça 6 bolinhas e deixe-as secar em recipiente destampado na geladeira por 6 horas.
“Empane” as bolinhas na Pitada Natural Árabe e embale-as individualmente em plástico filme.
Rendimento: 6 porções.
Durabilidade 8 dias em refrigeração.

Pitada Natural arrasou com mais essa Pitada! Para quem ama comida Árabe é o toque que faltava!!!

Ficou com dúvida?

Comente aqui no post ou Veja minha página de dúvidas frequentes

Tatiana Romano
por Tatiana Romano Criadora do Panelaterapia Conheça a Tati

Tatiana Romano, reside em Sorocaba, deixou a profissão de Psicóloga e Professora para se dedicar à sua paixão pelas panelas e ao blog Panelaterapia que mantém desde 2009. Hoje se dedica a cozinhar, fotografar, escrever e brigar com a balança.

13 Comentários

  1. Ana Maria disse:

    Tatiana. Adooooro chancliche e acho bem carinho. Fazer em casa seria ótimo, mas só eu consumo. Posso congelar? Obrigada, beijinhos.

  2. Mabel B B Mello disse:

    Tati diz a compra pelo site de Pitadas; chegou em tempo e forma. Já estou com o temperinho em casa; agora só botar mão na massa ou melhor dito na ricota; kkkkk. Obrigada querida pela receitinha; amei. Beijos.

  3. angela maria mendes de carvalho disse:

    Boa tarde Tatiana! Venho querendo fazer empadas para vender e vi que você tem várias receitas por favor pode me ajudar dizendo qual tamanho de formas tenho que ter para fazer as empadas seria tanto para padaria como para festas.Amo suas receitas você é demais …..Obrigada , abraço

    • Ixi Angela, minhas formas de empada são tão antigas que nem número possuem. Eu não trabalho comercialmente com alimentos então não sei te responder, mas quem sabe alguém que nos leia possa te ajudar. Vamos aguardar.
      bjs

    • Mabel B B Mello disse:

      Angela sou argentina e acostumada a fazer empanadas caseiras aqui no Brasil. O tamanho das tampas (discos) podem variar más no mínimo 12cm de diâmetro. Tendo em conta o famoso “repulgue”. Menor a 10cm já seriam empanadas para aperitivo.Espero possa ter ajudado e sorte aí com as vendas.

  4. maria julia disse:

    parece-me muito bom. Gosto destas coisas diferentes. O meu problema, em Portugal, é arranjar algumas das coisas que mencionam, por exemplo a pitada Árabe.

  5. Vanessa Campos Medeiros disse:

    Adoooro! Sempre compro. Agora farei!!!! Muito obrigada!

  6. Deliangela disse:

    onde acho a pitada natura?

  7. Aminah Jarouche Ramos da Silva disse:

    Delícia, como filha de libaneses,não poderia ficar sem elogiar essa delícia, entre tantas outras da culinária árabe, Vou tentar fazer..❤

  8. michelle disse:

    nunca ouvi falar e nunca vi isso , como é bom ter vc pra me ensinar tudo.
    bjo

Deixe uma resposta