Arroz a Piamontese

A Rê pediu p/ eu fazer essa receita e eu adorei a sugestão. Esse arroz é uma delícia e eu simplesmente havia apagado sua existência da minha memória gastronômica. É tão fácil de fazer e acompanha maravilhosamente bem um medalhão de filé mignon.

Eu sei que tem receitas mais elaboradas, mas a minha é muuuuito simples (e garanto que tão boa quanto).

Aqueça 2 colheres (sopa) de azeite e 3 colheres (sopa) de manteiga. 
Agora o truque: refogue  em fogo baixo para não queimar a manteiga, 1 cebola em rodelas grandes até que ela comece a ficar transparente. Retire a cebola e descarte, tomando cuidado para não retirar a manteiga derretida.
Porque eu faço isso?
Porque quero o sabor acentuado da cebola na manteiga, mas, não quero os pedacinhos de cebola interferindo na cremosidade do arroz e fazendo “crunch” quando a gente morde.

Com a frigideira ainda no fogo baixo e com a manteiga e azeite que sobrou nela refogue 1 xícara de champignon em fatias, acrescente 1/3 xícara de vinho branco e espere reduzir até secar quase que totalmente (essa etapa do vinho é opcional). Some 150ml de creme de leite, 4 colheres de sopa de parmesão ralado, misture rapidamente e junte 2 xícaras de arroz pronto (cozido). Salpique salsinha picada.

18 comentários abaixo sobre Arroz a Piamontese