Buenos Aires Tradicional (e “underground”)

Tem algumas coisas que a gente TEM que fazer em Buenos Aires, pelo simples fato de serem tradicionais. Uma delas é ir ao café Tortoni. É caro, a comida não é tão boa, o atendimento é ruim, mas o local é lindo. Foi fundado em 1858 e frequentado pela elite cultural da época. Foi difícil convencer meu marido a ir em um show de tango.
As mega produções foram sumariamente rejeitadas, mas consegui convencê-lo a ir no show do Café Tortoni porque é mais intimista e tem duração de apenas 1h e 30min.

Pagamos 100 pesos por pessoa. Gostamos muito. Músicos muito bons (cantor excelente), dançarinos razoáveis. Dica: reserve com um dia de antecedência (nós fomos até lá e compramos para o dia seguinte).

Outro passeio tradicional e que eu particularmente adorei foi a feira (e o mercado) de San Telmo. Não é apenas uma feira de antiguidades gigantesca, tem músicos maravilhosos tocando na rua, pintores incríveis expondo seus quadros, e tudo que é tipo de objeto que faria muito feliz a sua bisavó.

El Cuartito é uma pizzaria bastante tradicional que existe desde 1934.A cerveja é “quase” gelada, a pizza “quase” boa, o atendimento “quase” simpático mas mesmo assim vale à pena.  O ambiente é um  típico “bodegón” cheio de posteres antigos com motivos esportivos. As pizzas são vendidas inteiras ou em pedaços, também servem empanadas, tudo muito barato e divertido. Gostei.

Ainda tenho MUITA coisa bacana de Buenos Aires que queria dividir com vocês, mas essa cozinha precisa voltar à ativa né não? Amanhã volto para o Brasil e na quarta tudo volta ao normal. Aos poucos vou postando mais coisas da viagem.