Morangos do Amor

Eu cismei que queria maçã do amor, mas não tinha maçã e eu estava com preguiça de ir comprar. Tinha morangos e mesmo suspeitando que eles soltariam água, que poderiam cozinhar com a calda quente e tal, eu, teimosa que sou, mandei bala.
Confesso que não ficou 100% porque deixei a calda passar um pouco do ponto, mesmo tendo seguido a receita à risca. Acertar o ponto da calda é uma das coisas que eu acho mais “phodástico” na cozinha. 
Ficou gostoso, a casquinha endureceu  como o previsto, porém ficou muito grossa, queria ela bem fininha, como os doces caramelados de casamento, sabe como?
Eu fiz assim:
Levei ao fogo 1 e 1/2 xícara de açúcar refinado, 1 xícara de água, 1 colher (sobremesa) de vinagre (usei o de vinho porque era o único que eu tinha) e 5 gotas de corante líquido vermelho (essas foram por minha conta). A receita (de um livro véééio) dizia que quando você pingasse uma gota da calda na água fria e formasse uma “pérola”, estaria no ponto (aquilo na última foto é o que eu achei que fosse uma “pérola” huahauhauha).
Dizia também que ao desligar o fogo, deveria colocar a panela com a calda numa bacia com água para ela não passar do ponto, mas quando fiz isso ela ficou muito grossa, de modo que voltei para o fogo e banhei os espetinhos com ela quente mesmo.
* IMPORTANTE:  Antes de espetar os morangos, unte os espetos com manteiga ou margarina sem sal. Os morangos devem ser lavados e secos.
Bom, se alguém tiver uma maneira melhor para fazer esses espetinhos, conta aí p/ gente, porque essa não foi para as 10 mais das paradas de sucesso!

23 comentários abaixo sobre Morangos do Amor