Bolo de Morango Express

O mais importante desta postagem não é a receita em si, mas o modo fazer, que servirá de ideia para vários outros bolos recheados.
Eu já contei para vocês da preguiça monstro que eu tenho em fazer esses bolos de festa. Faz massa, corta, recheia, cobre… e lá se foi a manhã inteira! Mas um belo dia eu comi um bolo delicioso na minha amiga Candy e quase não acreditei na maneira como foi feito. Facílimo!!! Do jeito que agora eu repasso p/ vocês:

Você vai  precisar de uma forma de aro removível.
Uma receita de bolo esfarelada, pode ser a massa que você quiser, bolo de pacotinho, o bolo que você sempre faz, bolo tipo pullman, qualquer um.

Eu usei pullman de coco, e nem me preocupei em tirar a “casquinha” mais escura dele. Eu sei, é o cúmulo da preguiça, mas é que a ideia era mesmo mostrar o “modus operandi”.

É necessário também uma calda para molhar a massa do bolo.
Usei 1/2 xícara de leite com 4 colheres (sopa) de licor (Amarula).
O recheio você também escolhe. Eu usei chantilly com morangos e para a cobertura eu fui de suspiros esmigalhados.

A montagem é assim: forra-se a forma com
bolo esfarelado, pressionando com a palma da mão para compactar e molhando com a calda (use metade dela e vá adicionando em colheradas).

Na sequência vem o recheio. Eu espalhei o chantilly, cobri com morangos e mais um pouco de chantilly.Agora outra camada de bolo esfarelado. Nessa etapa é importante ir com cuidado e não apertar demais o bolo para que o recheio não saia pelos lados.

Faça o mesmo processo de espalhar em colheradas o resto da calda. Por cima, vai mais uma camada de chantilly, em seguida cobre-se com papel alumínio e leva para gelar por 4 horas.

O próximo passo é desenformar e decorar. Eu só usei uns suspiros esmigalhados que fui gentilmente “colando” por todo o bolo. Vai dizer que não tem cara daqueles bolos complicados? E fica bom viu? Pode fazer que não ter erro!