Galinhada

Estreia da minha panela Staub. Devo dizer que é maravilhosa, qualidade incrível, mas particularmente gosto do esmalte interno mais clarinho da Le Creuset. Para mim as panelas de ferro são perfeitas para fazer cozidos, sopas, risottos, ensopados, comidas com molho… gente, não é frescura mas realmente a comida fica diferente. Elas são muito pesadas e quando tampadas viram tipo uma panela de pressão, porque o calor não fica “escapando” pela tampa, o fundo grosso e o esmalte perfeito não deixam a comida grudar, resumindo: vale à pena o investimento.

Existem muitas receitas de galinhada por aí, com muitas variações, já vi com palmito, com ervilha, com pimentão, de modo que você pode usar os ingredientes que mais lhe agradarem. Nessa eu usei só o frango e o milho.  Vamos aos ingredientes: – 6 sobrecoxas com pele temperadas com pelo menos 4 horas de antecedência; – 4 colheres (sopa) de azeite; – 1 cebola picada; – 3 dentes de alho picados; – 1 tomate sem pele e sem semente picado; – 1/2 lata de milho verde (sem o líquido); – 1 tablete ou 1 pacote (se for em pó) de caldo de galinha; – 2 xícaras de arroz; – sal, pimenta, salsinha de acordo com o seu gosto. Aqueça o azeite coloque os pedaços de frango na panela com a pele virada para baixo. Quando estiverem bem corados vire-os e retire as peles (faço isso sem tirar da panela mesmo). É importante esse processo para aproveitar a gordura que solta da pele, ela dá sabor ao prato. Junte a cebola e vá mexendo em fogo baixo, quando ela murchar some o alho. Refogue por mais alguns minutos e adicione o tomate e o milho. Tampe a panela para os ingredientes se integrarem.   Na sequencia, junte o caldo de galinha (usei em pó) e o arroz (eu acrescentei ainda uma colher de sobremesa de sal). Cubra com água fervente até passar 1 dedinho do nível do arroz. Mantenha em fogo baixo e quando a água baixar até o nível do arroz, tampe a panela para terminar de cozinhar. Vá experimentando de tempos em tempos, se achar necessário coloque mais água até o arroz estar bem cozido. O importante nesse prato é que o frango esteja muito bem temperado, um pouco mais do que o habitual porque o tempero vai se dissipar no arroz. No meu frango tinha colorau, pimenta, sal, vinagre, mostarda e shoyu. Essa receita serve bem atém 4 pessoas.

Ficou com dúvida?

Veja minha página de dúvidas frequentes

36 Comentários

  1. Lígia Oliveira disse:

    Hummmm…adorei! Vou fazer amanhã no almoço! Bjs

  2. Mayara disse:

    Oi Tati, sempre venho dar uma olhadinha nas suas receitas.. nunca fiz uma p dar errado! Obrigada por compartilhar conosco.. vc simplifica tudo!! Muito sucesso .. beijo

  3. Luis Lima disse:

    Amei a receita…
    Vou reproduzir, com certeza…
    Mas gostaria de saber se você tem uma ideia bem legal pra eu servir de entrada???
    Estou sem ideias criativas…

    • Oi Luis, como a galinhada é um prato mais rústicos, acho que a entrada deve acompanhar a mesma linha, se tiver frio, talvez um consommé, umas bruschettas, ou miniquiche.

      Abs
      Tatiana

  4. Rita Cassia disse:

    Oi Tati!

    Aqui no RS a gente faz muita galinhada também, uns gostam dela mais sequinha e outros gostam mais molhadinha.
    Cada um tem um jeito de fazer.
    Tem gente que queima o açucar com um pouco de óleo, aí coloca o frango para dar uma fritadinha ali, fica corado e bem gostoso.
    Mas uma vez um amigo me disse que o segredo da galinhada era colocar muita cebola e tomate e eu faço isso.
    Coloco umas duas cebolas e uns 4 tomates, deixo cozinhar bem antes de colocar a água e deixo molhadinho.Fica uma delícia!!

    Adorei seu blog, é um vício.
    As receitas são fáceis, sem muita frescura…
    Grande beijo.

  5. Gisa Maria disse:

    Estou amando seu blog. Olha, não gosto muito de cozinhar mas, fiquei tão encantada que já impri duas receitas que faremos no final de semana. Digo faremos pois minhas colegas no trabalho gostaram também.

  6. Fiz ontem esta receita e ficou MARAVILHOSA! Servi só galinhada e o povo lá de casa adorou… Obrigada por tantas dicas e receitas deliciosas q são capazes de serem feitas por qualquer leiga como eu, kkkk. Seguir este blog é realmente uma terapia, melhor dizendo "panelaterapia". Bjs

  7. Lucia disse:

    Tatiana com que posso servir a galinhada?

  8. Morei em Brasília por 11 anos e lá se faz muito este prato. Eu acho ele delicioso, além de pratico. Faço muito, daí com uma saladjeenha fica show!!!
    Amo!

  9. Marcelo, aí essas meninas "light" me pregam na cruz kkkkkkkkk…. mas achei a ideia muito boa!!!

  10. Marcelo disse:

    Huuuummmmm, quase me afogo de tanta água que deu na boca… desconfio que de amanhã eu não passe sem experimentar, mas terei de usar uma panela de ferro "da vovó" mesmo, literalmente da vovó.
    Mas… já que a gordurinha da pele ficou na panela, pq não tirar as peles já crocantes e reservar pra salpicá-las picadinhas sobre o prato pronto, no fim???
    Aí sim, Huuuummmmm²!

  11. Anônimo disse:

    Que coisa linda!! Vou tentar no fogão a lenha!! E com muito milho verde!! kkkkk

  12. Psicóloga disse:

    seu blog é mto precioso…
    virei sempre ler as novidades

    http://olhardepsicologa.blogspot.com/

  13. Anônimo disse:

    Como eu nunca vi seu blog antes!?!?!?!
    Será que eu estava dormindo esse tempo todo!?!?!? rsrsrsrs
    Estou maravilhada com suas receitas, todas me parecem deliciosas e práticas… Já te add nos meus favoritos!!!!
    beijos,
    Fabiane Costa
    Itu-SP

  14. Meu marido adora galinhada, por isso esse é um prato típico aqui em casa..rsrsr
    😀

  15. Paty, bake dish em inglês em acho que significa"refratário" (não?)… tem uma panela com esse nome?

    Essas de ferro podem ir ao forno sem problema. Tenho a frigideira de ferro e uso no forno…
    Bjs

  16. Silvia a minha galinhada é tipica da minha vontade, e nela tem milho!
    🙂

  17. Galinhada é um prato típico de Minas, e nunca aqui em Minas vi uma galinhada com Milho Verde…rsrs… Ela é apenas regada com muito tempero verde, cebola e alho.

  18. Anônimo disse:

    Boa noite Tati! Hum que delícia, adoro galinhada, vou tentar fazer.
    Procurei receita de frango xadrez aqui no seu blog mas não encontrei. Hoje fiz um, e modéstia parte, ficou divino.Gosto muito de comida Chinesa.
    Bjocas…até….Juliana Valença

  19. HUM…… LINDA IMAGEM E DEVE SER DELICIOSA! VOU FAZER ESSA SEMANA E VOU TIRAR UMA FOTO PARA POSTAR NO MEU BLOG. BJOS.

  20. Anônimo disse:

    OLa!!!!!..bom primeiramente queria parabenizar vc pelo blog!!! ontem fiquei 3 hrs navegando nele e nem vi a hr passar , ja recomendei para minhas amigas e te add no face…. rsrsrsrsrsr o que mais me encantou foi a maneira descolada , sincera e divertida com que vc passa as receitas e dicas, e como se estivessemos conversando pessoalmente !!!!…muito legal isso !…. gostaria que vc desse mais dicas para quem esta comecando a cozinhar e montando a cozinha agora…. super bjo !!
    Marli

  21. Bruxa do 203 disse:

    Está tão bonito que mesmo tendo acabado de jantar, já fiquei com vontade de provar! Parabéns pelo trabalho e boa semana!

  22. Camila Carpenedo disse:

    Tatiana, to acompanhando seu blog há algumas semanas e hoje resolvi vasculhar nos arquivos. Então encontrei aquele seu post sobre a Torta Mesclada. Que coincidência! Minha mãe fez hoje essa torta. Era receita tradicional dos bolos de aniversário, quando minha mãe os fazia. Um sucesso entre as vizinhas. Passaram-se os anos e ela começou a encomendar da padaria os bolos para os nívers. Sexta-feira passada uma vizinha nos contou que encontrou em um caderno antigo a receita da torta que minha mãe tinha passado. Então minha mãe resolveu também buscar a receita e hoje fez. Uma delícia. Voltei à infância. Quero sugerir que faça sua receita sim! Pra mim aquele bolo fofinho, com recheio suave e cobertura de marshmallow não se compara a nenhuma torta de padaria….

  23. Menina…que delicia…nossa…acho que vou incluir no cardápio da semana.

    Adoro seu blog, te visito diariamente (apesar de nunca comentar).

    bjss!!

  24. Ai que delicia Tati
    Essas panelas estao na minha lista de compras e tbm a bake dish (pra levar ao forno) dizem que eh perfeita!! Por enquanto eh wish rssss
    Bjs,
    Paty

  25. Paula Rocha disse:

    Gosto de uma galinha caipira bem temperadinha feita na panela de barro, com um arrozinho bem soltinho e um quiabo bem babado! hahahaha Mas… Galinhada… Não consigo! Sou meio 'assim' com essas 'misturebas'.

    Veja bem, conheci seu site ontem e em dois dias vi página por página!
    Agora pouco dei de cara com o "ínicio" e cá estou comentando.
    Quando gosto, gosto mesmo! E a-m-e-i o Panelaterapia! Já indiquei para umas 5 pessoas!

    Bom, não vou ficar aqui falando o quanto gostei, o quanto quero fazer 99 das 100 receitas [exemplo], e o quanto quero mais ainda uma Le Creuset! Ainda mais hoje, que farei um risottinho com shitake e shimeji frescos! ;D
    Estou tão inspirada que quero fazer aquelas cestinhas com massa de pastel!

    Um abraço! E mesmo postando uma vez por mês, continuarei entrando aqui praticamente todo dia para buscar novas inspirações!

  26. Maria Luiza disse:

    Oi Tati
    Esse arroz está com uma cara boa!
    Lembrei do arroz com frango que minha avó fazia, no fogão a lenha, uma delícia! E o segredo era esse, temperar e dourar bem o frango.
    Beijos e tenha uma semana abençoada

  27. Anônimo disse:

    Nossa fiquei com água na boca, minha madrasta faz uma galinhada maravilhosa, e esta está parecida com a dela. hmmm

    Cris Ono

  28. Anônimo disse:

    Ola Tati,esse prato parece ser saboroso,pena que do frango só traço o peito…uma chata eu mas não gosto das outras partes + moles.Minha vive dizendo que peito parece papel hahaha.
    Ai morro de vontade de adquirir essas panelas,aqui tenho de inox,mas como são caresimas, pelo que vc falou é qualidade que influi.Vc está trocando todas,já comentou.Lá se vai um ape em panelas rsrsrs…
    Bjokas de domingo
    Nancy

  29. Óptima estreia, a refeição está excelente.

  30. Ana Flavia disse:

    Simplesmente, AMO, galinhada!!!
    hum…vou fazer!

    reeducandodieta.blogspot.com

  31. Também adorei a receita… mas como eu sou mais "natureba", não gosto de usar as peles do frango – prefiro substituir com um fio de óleo de canola (comprovado como o mais saudável) mesmo que isso não deixe com aqueeeeeleeee gostinho.
    Vou tentar a receita com certeza.
    Bjos
    Manoela Vianna

  32. Menina..que belezinha de galinhada, amo esse prato!!!
    Eu como qdo vou em Goiânia, porque é prato tipico do goiás…minha cunhada Noriana faz uma galinhada deliciosa..a sua parece estar uma deícia também…beijim e bom domingo!!!

  33. Mirna dá p/ fazer na panela de pressão ou outra panela com fundo mais grosso.
    Mas eu não sei dizer o tempo de pressão porque nunca fiz assim.

  34. Adorei… parece super fácil e saboroso…
    Pra quem não tem uma Staub, vc acha q dá pra arriscar na panela de pressão normal?

    Bjs e bom domingo!

    Mirna
    http://coisasdoreiarthur.blogspot.com/