Minhas Pimentas

Me empolguei com essas pimentas numa banca da feira e trouxe todos os pés para casa. A moça disse que são comestíveis, mas, eu estava mesmo doida é com a beleza delas. Passada a empolgação eu queria saber mais, então se alguém conseguir identificar pelas fotos (porque nem o nome eu sei) e quiser me passar algumas dicas de cultivo, receitas, qualquer coisa eu agradeço. Olha minhas outras moças aí:

17 comentários abaixo sobre Minhas Pimentas

  • Avatar Alda Lacerda disse:

    Uma dica: Pimenta Dedo de Moça é uma das boas e não arde tanto.
    Tenho na minha hortinha e o vaso é uma graça!

    Bjs

  • Avatar helena disse:

    Bem Tati tb não entendi ,mas acho que não sei como te socorre,pois no meu e-mail aparece como se fosse vc que tivesse enviado aparece panela terapia para fulana , em nenhum momento aparece meu nome , so que veio para meu e-mail.So te avisei por eu não saber mrxer bem no computador e isso causar algum problema para vc . deve ser algum probleminha igual acontece com celular vc liga para um numero e a mensagem vai para outro numero, espero que não cause nada de +.Bjs obg pela atenção

  • Helena – não consegui entender o que ocorreu. Sorry.

  • Avatar helena disse:

    Oi Tati tb? Fiquei feliz por consequi mandar meu recadinho para voce. Mas aconteceu uma coisa estranha, essas tres amiga sua, Sandrix,Lia e Angela Souza postaram os comentarios delas no meu e-mail e como ainda não sei mexer direito no computador estou te avisando porque não sei o que fazer.E como se o meu e-mail fisesse parte do seu blog . Sera que tem algum problema? Me desculpe mais eu não sei o que houve.Mande-me por favor alguma resposta,obrigada bjs

  • Avatar Angela Souza disse:

    Tati, a 1ª parece com as que compro, e se for, ela é só ornamental, nada comestível!!!
    A 2ª não sei, mas a 3ª meu vizinho tem e faz conserva com elas… mega picantes, uma delícia.

  • Avatar LIA disse:

    Amo, pimenta, nao vivo, sem, e essas estão lindas….

  • Avatar Sandrix disse:

    Creio que quando começamos a cultivar pimentas, nos apaixonamos por elas, e é sempre interessante conhecer um pouco do assunto.
    Pelas pimentas que você comprou, recomendo o livro "Pimentas que você encontra em São Paulo", um livro ilustrado que descreve uma vasta gama sobre pimentas, e pelas fotos todas as suas aparecem no livro.
    Outro lugar interessante que recomendo é o blog Come-se, que está com uma matéria sobre e com dicas de conservas e preparos: http://come-se.blogspot.com/2009/12/pimentas-presente.html
    Espero ter ajudado em sua pesquisa. Divirta-se com suas novas e bonitas companheiras.

  • Avatar helena disse:

    Oi Tatiana tb?Gostaria de te agradecer por me permitir ver tantas coisas linda e gostosa com certeza ,fiz o seu sorvete tipo industrial e fez o maior sucesso todo mundo querendo a receita mandei ver no seu blog.Olha estou que nen pinto no lixo , não sei usa ainda bem o computador ,descobri o seu blog por acaso semana passada estou que nem doida. Te visito todo dia e tambem algumas amigas suas que tb tem blog de culinaria e trabalho manuais. Me desculpe qualquer coisa meu nome e Helena e tenho sessenta anos.Atraves do seu blog farei a minha terapia obrigada mil vezes bjs

  • A malaguetinha pode ser usada para molhos picantes e na comida também só que deve ser colocada em pequena quantidade mas o seu sabor é maravilhoso.
    Bjo adoro o seu blog espero ter ajudado!

  • Avatar Keren Moura disse:

    Oi Tati,

    Comprei uma igualzinha esses dias pra decorar uma festinha mexicana aqui em casa. Agora elas estão aqui, gigantes e lindas e eu querendo saber se posso usá-las pra conserva ou algo assim. Mas pelo que li, acho que a ideia de comê-las não vai rolar :/

    Sempre passo aqui no teu blog, adoro!

    bjoo

  • Minha amiga por aqui uso pimenta em todos os temperos que faço.

    Quando a pimenta está madura, ou seja vermelha, temos de retirar as pevides (devem usar luvas porque se não usarem vão ficar umas boas horas a sofrer com muitos ardumes)
    Depois devem moer num moinho de carne por exemplo eu faço no triturador. Depois colocar um pouco de sal e guardar em frascos no frigorifico.

    Quando faço os temperos em carnes ou peixes coloco sempre uma colhsr de pimenta e se reparar nas minhas receitas eu so sempre, é típici aqui na minha terre e faço mesmo cultivo pra a ter todo o ano.

    As pequeninas que mostra na foto, estas são mesmo perigosas não se podem usar assim como se quer porque são super fortes e picantes, gosto delas só para decorar, cuidado não as comam, são intragáveis.

    Espero ter ajudado

    bjs

  • Avatar Chris Ribeiro disse:

    Esqueci de dizer que não são ardidas estas duas que eu citei.

    Olha aqui que delícia, amiga!
    http://www.ethno-botanik.org/Capsicum/Pictures-capsicum-hot-pepper.html

    Beijos

  • Avatar Chris Ribeiro disse:

    A primeira e a terceira são pimentas de cheiro, sendo que a terceira tb chamam cambuci. Uso muito no arroz, fica uma delícia!

  • Lindas as suas pimenteiras!!!
    Como a Lourdes disse muito bem, todas as pimentas de um modo geral precisam de bastante sol, pelo menos 4 horas diárias, você pode regar dia sim, dia não.
    A 1ª eu conheço como pimenta-amarela, ou pimenta Aji Amarela
    A 2ª pode ser a pimenta de cheiro
    A 3ª eu conheço como pimenta pimentão
    A 4ª é a malaguetinha

    Beijinhos

  • Avatar Jonasweimer disse:

    a 1° parece uma pimentinha chamada pimenta de cheiro
    a 2° parece pimenta rosa, mas nao tenho certeza por causa do tamanho
    a 3° parece a pimenta doce cambuci que aqui no sul ela é deixada em conserva, uma delícia
    e a 4° é a malaguetinha

    um beijo, gosto muito do blog ;p

  • Lourdes é malaguetinha essa menorzinha mesmo… obrigada pelas dicas!

  • Avatar Lourdes disse:

    Vou tentar te dar uma luz, pois fica muito difícil assim só pela foto, sem saber o tamanho, a ardência. A foto 2 está me parecendo a pimenta "Bode vermelha", e a foto 4 penso que seja a "Malaguetinha".
    Quanto aos cuidados, no geral as pimentas precisam de solo rico em matéria orgânica, sol pleno e regas regulares sem encharcar.

    Bjs