Lá vou eu…

Vou para Santigo – Chile no fim dessa semana. Alguém tem dicas quentes de passeio / restaurante / etc…? Mas ó, quando eu viajo, eu pesquiso MUITO sobre o local, então já tenho algumas coisas definidas:

– Não vou visitar os arredores porque serão apenas 5 dias, não gosto de fazer nada correndo, por isso vou me concentrar em Santiago mesmo.
– Não pretendo ir no “Mercado Central“. Achei muito “pega-turista”. Posso até ir para conhecer mas não pretendo comer por lá, o caranguejo gigante eu queria comer mas pagar 300 dilmas por ele, não tô podendo.
– Acho que não vou nas estações de esqui, porque provavelmente não terá mais neve nessa época, mas só vou saber quando chegar lá.
– Já decidi que de programa turistão vou fazer os pontos turísticos do centro, os Cerros e a vinícola Concha Y Toro.
– Os museus que quero ir: La Chascona (casa em que viveu Neruda), Museo de La moda (estou rezando para a exposição do anos 80 ainda estar lá), Museo Ralli (mais intimista e com obras incríveis).
– Não sei se vou aos restaurantes “Como água para Chocolate” e “Giratório“, vi tantos posts sobre eles que já enjoei hahahaha.
– Vou com certeza: no mercado gourmet Coquinaria, no restaurante Mestizo, Shopping Parque Arauco e Pátio Bella Vista.
Bom, meu mini-guia já está montado, embora eu nunca siga nada do que planejei quando chego ao destino hahahaha. E aí? Alguma dica boa de Santiago?

64 comentários abaixo sobre Lá vou eu…

  • Olá Tatiana!
    Tô indo pra Santiago no fim de outubro em lua de mel. Espero me surpreender!
    Fiquei meio triste pq uma pessoa que conheço disse que viajou por três dias para Santiago e não achou atrativo, ela ficou pela cidade mesmo, disse que a comida não é nada boa, e o que salvou a viajem foi a visita ao Valle Nevado.
    Mas, na época que vou não tem pista de ski aberta.
    Vou dizer meu roteiro e gostaria de opiniões sobre lugares onde possa encontrar comidas mais comuns e gostosas… sem por exemplo, muitos frutos do mar.

    É o seguinte:

    Vamos ficar no Hotel Torremayor, no bairro da Providencia.
    1º dia – City Tour pelo Palácio de La Moneda, Plaza de Armas, Cerro Santa Lucia, Parque Metropolitano e os exclusivos bairros residenciais de Vitacura e Las Condes.
    2º dia – Dia inteiro na Isla Negra – Pablo Neruda Museum.
    3º dia – Viña del Mar y Valparaiso
    4º dia – (LIVRE) com jantar no Giratorio Restaurant
    5º dia – Vinedo Concha y Toro

    e ai, o que achas?
    Gostaria muito de uma opinião, uma ajuda principalmente nas comidas.

  • Ja fui 2 vezes a Santiago….em 2 roteiros diferentes pelo Chile . Amo aquela cidade e moraria lá sem sombra de dúvidas….
    Confesso que fiquei com preguiça de ler esse monte de comentários acima pra ver se o que vou te indicar já está aí….mas não deixe de ir ao FUENTE ALEMANA.
    É uma sanduicheria que só tem lá, muito legal e gostosa….melhor hamburguer ever!! E com aquele guacamole divino (porque o guacamole dos chilenos é diferente dos mexicanos).
    Pesquisei no google e achei esse blog de comida de um chileno que fala sobre ele…
    http://www.labuenavida.cl/content/view/93/Fuente-Alemana.html

    No mais coloque no google que vais achar mais coisas, fotos, etc….vale muito a pena….e mais ainda pra quem gosta de comida, comer….etc.

    Bjus
    Sabrina Petermann

  • Avatar Daniel Silva disse:

    Olá, se der tempo e passar por perto, vá a esse restaurante: El Hoyo.
    http://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g294305-d807739-Reviews-El_Hoyo-Santiago_Santiago_Metropolitan_Region.html
    Tem essa espécie de rocambole de carne com batatas divino e uma bebida chamada torremoto que é imperdível. Ele foi porão para militantes de esquerda na época da ditadura.

    Se o calor apertar e quiser, visite o Cerro San Cristóbal, onde há uma piscina pública que faz inveja a muitos clubes particulares daqui do Brasil.

    Ainda em relação aos comes, não deixe de comer um completo com pauta, um verdadeiro hot dog chileno, com muita maionese e abacate. Parece estranho, mas é divino, coma em qualquer barraquinha.

    A Concha y Toro é fantástica, mas nem sempre vale a pena comprar o vinho por lá, é até mais caro. Mas tem acessórios fantásticos.

    Bom passeio =D

    Daniel

  • Avatar Juliana Wecki disse:

    Puxa, eu acho que ir ao Mercado Central faz parte, é muito roots! haha E depois ainda dá pra caminhar pelo centrão de Santiago, isso sim que é conhecer a cultura local! Eu almocei no Joya del Pacifico, era mais barato que o Augusto (?) – acho que esse era o nome-, mas é muito bom. Tem que tirar uma foto com o/a Centolla, aquele caranguejo gigante deles! 🙂

    Vá à vinícola Cousiño Macul, ela é bem menos turistona que a Concha y Toro, mas muito legal. Eles existem desde mil oitocentos e tantos, tem coisas muito antigas lá dentro! E ainda ganha uma taça com o valor da entrada.

    Se vcs gostam de passeios consumistas, recomendo ir ao outlet premium! Vá de metrô (linha amarela) até a estação Vespúcio Norte e de lá pegue um táxi. Vai dar em torno de 6 mil pesos a corrida. Tem coisas muito baratas (comparado ao Brasil) lá.

    Se puder, faça um passeio a Valparaíso. Eu me encantei muito com a cidade.

    Se forem esquiar (acho que as pistas não estão mais abertas), eu recomendo Farellones. Para quem nunca esquiou na vida, é a melhor, mais fácil e mais barata. Alugue tudo que precisar lá na estação. É bem mais em conta. Suba pelo transporte oficial ou pelo Skitotal. Ambos saem do Shopping Omniun.

  • Fui ao Chile ano passado e sinceramente um local q me chamou mta atenção foi o BordeRio, q é tipo um complexo gastronômico mto legal.
    Segue o site deles http://www.borderio.cl, pra vc dar uma olhada.
    Em relação a vinicola Concha y Toro, sua decisão de visitá-la é mto acertada.
    Abração

  • Avatar Ana disse:

    Ola Tati!!
    Minha dica de restaurante e o Liguria – da uma googada ai 🙂
    o passeio na concha y toro vale a pena, mas se vc tiver algum tempo livre vale tambem a pena conhecer a vinicola Cousiño Macul, ela e mais perto do q a concha y toro e eu achei o passeio mais interessante pois ela ainda pertence a uma familia chilena…e os vinhos sao tao bons quanto!!
    Ana

  • Oi Tati, gosto muito do Panelaterapia e já fiz várias receitas, apesar de não comentar muito aqui.
    Bom, eu moro em Santiago há mais de 3 anos e adoro a cidade. Há algum tempo atrás, escrevi um post com algumas dicas básicas no meu blog, dá uma olhada:
    http://larazigs.blogspot.com/2012/07/dicas-basicas-de-santiago.html
    Quanto às coisas que você já falou, acho que o Mercado Central vale a pena sim! Você não precisa comer a centolla (é bem cara mesmo), o congrio também é uma delícia! Em relação à vinícola, eu acho a Cousiño Macul bem melhor que a Concha y Toro. Qualquer outra coisa, é só perguntar! 😉
    Boa viagem!!

  • Avatar Deia Bisaggio disse:

    Oi. O como agua para chocolate é muito,bom e tem tb o Aqui esta coco.
    Gostamos do giratório.
    Fomos tb no Liguria. Um barzinho bem legal na providência.
    Quanto ao mercado, nos sentimos lesados c o preço do caranguejo. Mas tava bom!
    Se der tempo vá no outlet. Tinha coisa coisas c preço de estados unidos! Valeu a pena.
    Boa viagem

  • Avatar miriam disse:

    Tati
    Adoro seu blog e adoro Santiago.
    Uma das coisas que amei foi o Museu de Arte Precolombiana (http://www.precolombino.cl/)
    Eu costumo visitar os principais museus das cidades, e acho que esse é um dos bons museus (no tema) do mundo. E olha que sou bem rodada… beijos e boa viagem. Em tempo: traga sementes de papoula porque por lá ainda se vende…

  • Avatar dayane castro disse:

    Tati
    No aqui está coco tem uma entrada com a centoia fria (o Carangueijo gigante). Na época que fui saiu por R$50,00. Confesso que fique um pouco decepcionada (parecia um pouco com kani kama desfiado).
    Foi o prato mais caro e o único dispensável dos que provei. Todos os outros foram maravilhosos. Só não esqueça de reservar. No mestizo eu só consegui comer entradas, porque não tinha reserva e fui "expulsa" às 19:00h. Na minha opinião, o melhor de todos considerando a comida, ambiente, arquitetura, foi mesmo o Mestizo. Boa viagem

  • Avatar Juliana disse:

    Tati, recomendo o restaurante Boulevard Lavoud – Peluqueria Francesa.
    Não é lugar de turista, eu e o marido sempre fugimos dos lotados em viagens.
    É um restaurante pequeno e muito charmoso ao lado de uma barbearia bem antiga. O cardápio é delicioso e o ambiente todo decorado como barbearia. Vc pode trazer o cardápio, que parece um jornalzinho, conta a história do lugar, etc.
    Fica na Compañia de Jesús, 2789 esquina Libertad.
    Espero que dê tempo de conhecer.

    Beijinhos

  • Oi Tati – Amo Santiago!!! Muito mais do que Buenos Aires!!! Não deixe de ir a Valle Nevado (não sei como está de neve nesta época do ano, mas é lindo), restaurante – Paella de Javier (simplesmente fabuloso), cerveja Austral e coca zero!!! Concha y Toro fica pertinho da cidade (prá quem gosta de vinho, é uma ótima oportunidade)

  • Avatar Patricia disse:

    Tati, seu roteiro está ótimo!!!!!! Não dispense o Como Agua Para Chocolate, é bem fofo e a comidinha bem gostosa!!! o Giratório pode dispensar, tem lugares bem melhores, pelo mesmo valor. Se vc gostar de beber,o bairro Bela Vista, vale uma visita….tem bares muito gostosos…é uma Vila Madalena, sem muvuca. Um outro restaurante mais contemporaneo, que eu gostei bastante, chama-se Nolita. Ótima viagem!!! Eu ainda quero voltar algumas vezes pro Chile. bjos, Pati

  • Avatar Vanessa Flor disse:

    Olá, estarei indo pra Santiago dia 27 próximo e quero ler seus comentários, dicas e impressões pessoais sobre lá. Não demore em postar! rsss Boa viagem!

  • Avatar JuKirchhof disse:

    Tati,

    seu roteiro está sensacional!!

    O pátio Bella Vista é um encanto, acho que a hora charme dele é o happy hour. Prove o sorvete de chirimoya de lá!! E o suco de chirimoya… e tudo, é uma delícia.

    Não sei se tu é adepta dos passeios mais paisagísticos, mas tem o Cerro Santa Lucía. Dá pra ir de metrô lá tranquilo, sem labirintite!! Funciona o dia todo e é um ótimo passeio com linda vista da cidade. Mas uma dica: suba suba suba. Quando tu achar que já chegou no topo do cerro, é porque ainda tem mais algumas escadas para subir! =D

    Mesmo sabendo que não está a fim de Valparaíso, deixo a dica da La Sebastiana, a casa do Neruda lá. Assim, eu achei ela muito mais inspiradora que a Chascona, um visual de tirar o fôlego. Como disse meu pai quando viu as fotos: "Mas nessa casa até eu virava poeta!" Sem falar que em Valparaíso em frente ao porto tem restaurantes de frutos do mar, peixes e delícias muito baratos. Mas né… é uma cidade portuária, olho na bolsa, na câmera, nas roupas. A dica de uma local que me ajudou lá: "Não fale muito e não faça cara de deslumbre que ninguém vai perceber que não é daqui!" Uhum, bem fácil…

    E em Santiago, tem a troca da guarda né, no palácio presidencial. Totalmente dispensável. A única curiosidade interessante é que o arquiteto que projetou o Palácio do Chile e o Arquivo nacional no Rio de Janeiro, foi o mesmo. E no momento de construir, as plantas foram trocadas. Nosso arquivo é lindo e o palácio deles, de palácio nada tem.

    Mas acho que era isso. Divirta-se no Chile.

    Ah, em Viña del Mar, a culinária é cara e pouco típica. Seeee surgir alguma vontade de ir até lá, vale o Museo Fonck que tem um Moai da ilha de Páscoa, alguns palacetes pós terremoto que são lindíssimos, mas nada que valha tirar o tempo precioso dedicado a Santiago.

    Grande abraço, boa viagem!!

  • Oi Tati se ainda der tempo de uma olhada aqui: futilish.com, a Cony e chilena e vive no Brasil, tem dicas muito interessantes, bju

  • Avatar Cláudia disse:

    Não deixe de ir jantar no Astrid & Gastón, um restaurante peruano, maravilhoso, foi eleito pel revista 4 Rodas, como um dos melhores restaurantes do mundo, no ano passado. Porem, tem que reservar com antecedência. Fui e adorei.

  • Avatar thaismizuno disse:

    Oi Tati ! Tudo bem ?
    Recomendo fortemente experimentar as inúmeras opções de batatas e as cebolas caramelizadas. O salmão é fantástico!

    Boa viagem 🙂
    Beijos

  • Avatar F. disse:

    No Patio Bella Vista, tem um restaurante muito bacana, o Mosai Café! Servem comida farta a preço justo. Experimentamos a Suprema de Ave e a Quesadilla de Frango. Pratos bem grandes! Dependendo da fome, dá para dividir. E o fondue de chocolate de lá é ótimo! Vale a pena!

  • Ah, não me aguento nos palpites, faltou falar… acho que o Cajón del Maipo é uma boa alternativa ao Vale Nevado. Se sobrar tempo pra um cachorro quente, coma o "completo italiano". Depois que comi o cachorro quente estilo chileno, é só dele que faço em casa!!

  • Vc já tem um bom roteiro, conforme o seu gosto, não é? Só adicionaria umas coisas que acho válidas. Não deixe de comer uma "rica" empanada chilena, de preferência de "pino" (carne), que é bem típica. Tem uma infinidade mais de pratos típicos para recomendar (pastel de choclo, por ex), mas de repente é bom ir comendo conforme a opotunidade. Eu e marido comemos muitos mariscos e peixe qdo vamos (congrio, locos – não pode faltar!, centolla, machas parmesana, etc). Tb acho interessante ir em um restaurante peruano se puder, apesar de estar no Chile hehe.

    Vc disse que não pretende ir aos arredores, não? Se decidir que terá tempo, tem o Cajón del Maipo que é muito bonito.

    Dá pra arriscar trazer uns vinhos e piscos na mala. Eu sempre trouxe quando fui (e mariscos enlatados), embalava bem eles (meu marido é 1/2 chileno, sempre trazemos mta coisa). Parece que as cias aéreas estão a par disso e colocam o adesivo "frágil" na mala se vc disser que está levando garrafas.

    Eu não deixaria muuuuito tempo para shopping center. Sempre gosto de dar uma passada, mas cansa, particularmente acho meio entediante. E, preciso falar, nem sempre o atendimento é super atencioso nos shoppings chiques. Mas pode dar sorte. Idiossincrasias chilenas 🙂

    Eles passam mala no raio x tb na chegada no aeroporto em Santiago, fica preparada.

    • Flávia Cajón del Maipo e Sewell foram os passeios que mais me atraíram, mas as agencias não divulgam muito. Estou em contato com um motorista/guia de lá, acho que vou fechar com ele. Quero muito ir a um desses lugares. Muito obrigada pelas dicas!

    • Oi!estou info dia 23pra la,pode me passar o contato deste motorista/guia??meu email [email protected],tbem estou c dificuldade p encontrar passeios p cajon!!obrigada desde ja

    • Fabiana, uma conhecida me passou o contato e boas recomendações, o nome dele é Pablo e fala português, mas o preço é bem salgado! Mande e-mail que ele responde rapidinho. Aqui é o site dele com os contatos.Ele leva à Cajón.

      http://www.passeiosnochile.cl/

  • Avatar Keka disse:

    Oi Tati!
    A dica que eu ia deixar já está no teu programa: a casa do Pablo Neruda. Eu amei, achei a coisa mais divertida do mundo, ainda mais com as histórias da vida dele… Pertinho dali tem o cerro San Cristóbal, vale a pena ir se estiver um dia bonito. Tem uma vista linda da cidade e da cordilheira (mas no dia que eu fui quase só se via névoa e poluição). Se sobe no morro pelo "funicular" e acho até que tem um zoológico no meio, mas não parei lá não…
    O mercado público eu achei um inferno! Fui aí por as 10 da manhã e só tinha gente tentando convencer a entrar nos restaurantes pra almoçar. Péssimo!
    A Concha y Toro é legal, bem turistão: passeio curtinho sem explicações alongadas. Queria ter ido na Undurraga (não sei como é, não conheço ninguém que foi lá, mas adoro o chardonnay deles :D).
    O Vale Nevado é lindo, mas fui no invernão e era friiiiiio! E tem que ter estômago pra curvas! Pra mim valeu porque era super sonho ver neve acumulada…
    Ah, e deixa um tempinho pra passear meio sem rumo. Numa dessas eu me deparei com um museu (vergonha, não sei qual é) que tinha uma exposição contando a história do Chile em fotos muuuito legal!

    No mais, boa viagem! Aproveitem os vinhos e um pisco!

    • Keka, o "funicular" está em reforma, agora só dá para subir o Cerro de ônibus, uma pena, mas vou mesmo assim.
      Quanto a andar à toa é o que eu mais faço nas viagens, por isso gosto de ir com tempo. Andar nas ruas ir a bairros menos turísticos, gosto de fazer tudo com tranquilidade.
      Obrigada pelas sugestões!
      Bjs

  • Avatar Andréa Nunes disse:

    Eu ia sugerir o famoso caranguejo gigante, crente que lá ele seria mais barato, mas já vi que é caro e que vc eliminou da lista. Pelo que eu vi, você já tem um ótimo roteiro e com certeza vou passar aqui antes de viajar para o Chile, quando for para lá. Só tenho a te desejar boa viagem e bom namoro com o seu marido. Imagino que visitar a vinícola seja muito romântico! Aproveitem muito!

    • Andréa eu pagaria essa valor em um restaurante melhor, no mercado não. Se eu encontrar em outro local quero experimentar!
      🙂

  • Avatar Rosana Ultra disse:

    Oi Tati ….estive no Chile no ano passado, vale a pena a viagem. A cidade é organizado e o metrô é ótimo. Vale a pena o passeio a Valle Nevado. Fui com o Bernabe da http://www.bernatourchile.com (entre em contato com ele)!!! Eu visitei o Museo de la Moda e vi a exposição dos anos 80. Comi o mote con huesillos, não amei, mas como estava lá, comi! :)))
    Visite a loja Paris, Falabella, Ripley e Tricot. Vá ao mercado, trouxe geleias e chás maravilhosos. E não deixe de beber suco de framboesa é divino!!!
    Coma no cachorro quente no Dog´s …. tem um molho de abacate que é bem difirente. Para quem é de cozinha é um excelente passeio. Não fui aos restaurantes famosos, pois sou vegetariana. Não deixe de entrar na Castor (uma mistura de padaria com lanchonete) …. tem vários paezinhos gostosos.

    Boa viagem e divirta-se!

    Beijos

  • Avatar Fabi M. disse:

    O restaurante qui Esta Coco é muito bom! Fui em 2007 e mês pasasdo, adorei. Vale muito a pena! OUtra dia é passear pelo bairro bella vista e escolher um restaurante na hora, tem tanta coisa bonitinha, especialmente de dia, vale a pena.

  • Avatar Fabi disse:

    Estive no Chile a 4 anos atrás, amei!!!
    Ah gostei muito da padaria castanõ, tem em todo lugar.
    Ótima pedida peixe congrio.
    Comprei muitas garrafas de vinho, enrolei em fraldas descartavéis, trouxe tranquilamente nas malas.
    Boas compras na Ripley e no Jumbo.
    Boa viagem!

  • Avatar Franche disse:

    Olá,
    Acho 5 dias para Santiago muito… Com esse numero de dias, dá pra fazer Santiago e Vinã ou Valparaíso tranquilamente.
    O Como Água para Chocolate é muito bom.
    Boa Viagem !!

    • É que Vinã e Valparaíso eu não tô afim mesmo, pelas minhas pesquisas não são o tipo de passeio que me atrai, mas ainda não tenho nada rigorosamente definido. Valeu pelas sugestões!
      Bjs

  • Avatar Jaque Sobral disse:

    Oi ..
    Fui pr Chile em Maio . Grávida de 5 meses com meu esposo e a filhinha de 2 anos . Ai Tati .. não perca o Vale Nevado, é emocionante, as melhores fotos da minha vida tirei lá. É fato que são muitas curvas, mas a familia aqui não enjoou nadinha.

    A cidade é limpíssima, as pessoas são super gentis. E se vc for consumista assim como eu, vai adorar os magazines que tem lá Falabella, Paris e Ripley , gostei de cada um deles nesta ordem, e como adora coisinhas pra cozinha não deixe de ir numa loja chamada CASA IDEAS , no Bella Vista. Adoro supermercados então tive que ir no JUMBO trazer coisas diferentes.

    Boa viajem, divirstam-se tomem vinho, pisco, porque comer …. :/ , hum, sei lá.

  • Avatar carol disse:

    Gent, acho 5 dias demais pra Santiago. Mesmo dando um passo pra frente e dois pra trás. Gostei do giratorio, a comida é bem boa 🙂

    Fique num hostel que chama Princesa Insolente (escolhi pelo nome). Perto tinha uns restaurantes temáticos…tinha um restaurante viking com machados e espadas e servia javali. Um pouco mais pra fente, tinha um que era um barco, com direito a capitão e tudo.

    Fiquei com vontade de ir pra Valparaiso. Tem onibus direto, e é pertinho 🙂

    • Na verdade são 4 porque tem a chegada e a partida que se perde meio período em cada, mas acho bem pouco. Talvez seja muito para quem curte correria de pontos turísticos, o que não é o meu caso. Disseram a mesma coisa de Buenos Aires, na primeira vez fiquei 7 dias e na segunda 5 e ainda vou voltar.
      🙂
      Só para conhecer os restaurantes que quero eu precisaria uns 20 dias (considerando que comemos 2 vezes ao dia hahahaha.

  • Avatar Mari Paz disse:

    Oiee!
    Não sei como vc vai chegar na Concha y Toro, mas na volta esse é um programa legal, eu tenho família em Pirque (região da concha y toro) e também em Puente Alto, que é onde fica essa lojinha. Melhor (e maior) mote con huesillos da cidade:
    http://www.hambrientos.cl/el-mote-con-yapa
    Outra coisa é visitar o Museu dos Direitos Humanos. De arrepiar!
    Divirta-se 🙂

  • Avatar linda disse:

    ala Tatiana,Santigoè mto bonito,fezum ano q estiveno Chile conhecimts lugares ao redor d cidade,tudo lindo n consegui ver a neve,va preparada o sol engana a gente,o mercadodeixa mto a desejar nosso mercadâoèmil vezes melhor cuidado,n sai com joias,fui roubada n entrada do mercado,curta bem sua viagem bjos

  • Avatar aspirações disse:

    tatiana, tenho uma dica muito importante para voce! procure se informar ao máximo sobre os horarios de funcionamento DE TUDO! a minha viagem à santiago foi um fiasco porque temos o costume de fazer tudo muito tarde por aqui, e lá as coisas fecham cedo. a cidade fecha cedo, praticamente tudo fecha!
    fomos três vezes no restaurante "Aquí está coco" – que é super excentrico e eu queria muuito ir, pois é recomendadíssimo – e estava fechado, tanto para o almoço como para o jantar. O giratorio também fecha cedo. e nao consegui ir. então a minha maior dica é essa!! informe-se! 🙂

    • Obrigada! Mas comigo é o contrário, faço tudo muito cedo! Quero almoçar no máximo meio dia e jantar as 19h hahahaha.
      Bjs

  • Avatar Sheila disse:

    Vou pra o Chile tb dia 25, vou esperar suas dicas..kkk!!

  • Avatar Tomio disse:

    O Giratório nada de mais tem (além do óbvio). Mas nao deixe de ir no Como Água para Chocolate. A experiência gastronômica e visual é única. Recomendo também o Azul Profundo.
    Abs

    • Já estou considerando o Como Água para Chocolate de novo hahahaha… já vi que vou ter que voltar em Santiago pelo menos mais duas vezes.
      Obrigada!!!

  • Avatar Laura disse:

    Vou esperar os seus posts sobre a viagem.
    Quando fui para a Argentina eu li todos e me ajudaram muito.

    Nunca fui ao Chile, então não posso ajudar, mas no blog da Constanza (www.futilish.com) tem muitas dicas. Vale a pena dar uma olhada.

    Bjs!

  • Avatar M. T. C. disse:

    Olá Tati,
    eu estive em Santiago no final de outubro/início de novembro e visitei os Andes, mas não com o propósito de esquiar. Acho que vale a pena, pois é muito lindo e ainda estava com bastante neve. Saindo cedo dá para fazer a visita somente pela manhã e por volta das 14:00 estar de volta a Santiago para almoçar. Se decidir ir, recomendo levar algum lanchinho e também ir a um banheiro antes de começar a subida, pois dependendo da época do ano tudo fica fechado.
    Bjs e boa viagem.

    • Então, meu medo são as curvas, meu marido tem 35 anos mas é um véio hahahha (não brigue marido), ele tem labirintite e meu medo é o trem atacar entende? Aí ele fica parecendo grávida o resto da viagem, enjoando com tudo, mereço?
      Mas talvez eu vá no último dia, assim se ele passar mal eu só tenho que colocá-lo dentro do avião hahahaha.

    • Avatar mpquast disse:

      Desculpa, mas não me contive em deixar um comentário só para isso: KKKKKKKKK "assim se ele passar mal eu só tenho que colocá-lo dentro do avião" KKKKK Muito boa!
      Boa viagem, Tati!
      Monica

    • Avatar Manuela disse:

      Tati, sofro do mesmo mal. é muito ruim essa tal de labirintite… doidão sem tomar um gole… curvas na estradas são o gatilho master dessa doença chata. mas as cordilheiras valem qq sacrifício.

  • Avatar Christiane disse:

    Oi Tati, eu moro em Santiago e já tinha vindo antes como turista também… entao, lá vao as minhas sugestoes! =)

    (nao tenho "til" nem "c cedilha" no meu teclado rs)

    – realmente Mercado Central nao vale a pena… sujo, caro e com aquele cheiro de peixe insuportável. Quem conheceu o Mercado de SP se decepciona e muito!

    – Concha y Toro é turistao, porém muito divertido. Realmente nao perca!

    – No centro nao deixe de conhecer o bairro LASTARRIA… super charmosinho e boêmio…

    – Ir ao Chile significa beber MUITO vinho bom e barato! Entao vale a pena conhecer o Wine Bar BOCANÁRIZ. Tem um post com os detalhes no meu blog: http://bolsadachris.com/2012/07/17/bocanariz-o-wine-bar-que-faltava-em-santiago/

    – Coquinaria excelente! Se vc quiser levar vinho, aproveite e passe na loja "El mundo del vino", no Hotel W mesmo ao lado do Coquinaria. Os precos sao as vezes ate melhores que do mercado.

    – Eu substituiria o Mestizo pelo Hanzo. Cozinha fusion peruana-japonesa excelente! Tem post dele no blog também: http://bolsadachris.com/2012/10/10/blog-com-dicas-do-chile-restaurante-peruano-japones-em-santiago/

    – Giratório foi a maior decepcao da vida! Comidinha ruim e cara. Nao recomendo. Como água pra chocolate é turistao, mas é bem gostoso… e a decoracao é uma graca!

    – Olha, nas últimas semanas tem chovido e feito um pouquinho de frio, entao acho que deve ter um pouco de neve ainda lá em cima. Como turista, te recomendo a subir pra conhecer o Vale Nevado… o visual é incrível! É passeio pra meio período do dia, subir, tirar fotos e descer… mas vale a pena!

    – Tem o restaurante na descida do Vale Nevado, chamado Doña Tina com comida típica chilena…ambiente bem temático e super tradicional. A comida é muito boa, farta e com um precinho bem amigável.

    Ufa! escrevi muito… mas é isso aí! Ah! Cuidado com a bolsa, celular e afins… o chileno nao é violento, mas tem uma "mao leve" que vc nem nota que foi roubada…

    Os taxis também costumam ter o taxímetro adulterado, principalmente quando percebem q é turista. Entao te recomendo sempre chamar um taxi de cooperativa.

    Qualquer outra dúvida, pode me falar! =)

    bjs, Chris

    http://www.bolsadachris.com

    • Chris já tinha lido TUDO no seu blog hahahaha. Então, eu escolhi o Mestizo mais pela arquitetura e localização do que pela comida pois não vi muita coisa sobre ele, mas anotei a dica do Hanzo. São tantos restaurantes que eu deveria comer 8 vezes por dia p/ dar tempo hahahaha. Muito obrigada pelas dicas!
      Bjs
      Tati

  • Avatar Fabiana disse:

    Boa tarde!
    Eu gostei muitíssimo do ´Giratório´ e do ´Como água para chocolate´. No giratório amei a comida, os drinks (Pisco Sour e Vaiva) e os preços. Dias de semana tem um tal ´menu executivo´, que é um menu um pouco diferente, mas muito mais barato, pode pedir os dois menus para avaliar… Acho o Giratório imperdível!
    Boa viagem! Lá é tudo de bom!
    Fabiana

    • Legal a dica do menu executivo. Eu queria ir lá só porque ele Gira e pela vista, porque a comida não ouvi muitos elogios, então pelo menu executivo compensa. Valeu Fabiana.

    • Avatar Manuela disse:

      A comida é muito boa e bem elaborada. A decor é meio caída, mas a vista compensa tudo.