Testei: Extrator e Bate Pik

A Keita, uma empresa que, entre outras coisas, fabrica e comercializa utensílios populares para cozinha,  me mandou uma caixa de traquitanas (adoooro!) para eu testar e vou começar falando de uma que eu achei bem bacaninha, o Extrator. 
Na embalagem vem com instruções para se usar na laranja, mas eu testei com limão e o resultado foi totalmente dentro do esperado e prometido pelo produto.

Funciona direitinho, ficou só o “bagacinho” do limão. Achei fácil de usar. Aprovei!

Desculpem as fotos toscas, eram de celular e como eu estava sozinha foi impossível para a minha coordenação motora de paquiderme fotografar o suquinho do limão saindo da traquitana, e olha que tentei 400 vezes hahahaha. Como o celular demora p/ bater a foto, quando disparava o suco tinha ido todo embora. Acabei com os limões, mas fiz uma limonada! hahaha.
O segundo que eu testei foi o Bate Pik. Que promete picar, triturar e amaciar alimentos.
Eu testei apenas para picar cebola. Funciona assim: você posiciona o Bate Pik sobre o vegetal e pressiona várias vezes. Quanto mais pressionar, menor serão os pedacinhos.
Pelo menos no quesito picar ele cumpriu o prometido. Vale ressaltar que algumas pessoas no Facebook e no Instagram disseram que ele perde o fio muito rápido, mas não usei o suficiente para avaliar esta questão. 
É possível desmontar para lavar, mas tem algumas cavidades que são difíceis de limpar.
Minha conclusão é que considerando o valor (vi em alguns sites de R$ 7,00 a R$ 14,00) ele cumpre bem a função. Acho digno para fazer, por exemplo, uma quantidade grande de vinagrete, mas não usaria para picar uma cebola apenas, pelo fato de ter que limpar depois. Para quem não pode ter um processador acho uma opção válida.  E vocês? Já usaram esses produtos? O que acharam?

30 comentários abaixo sobre Testei: Extrator e Bate Pik

  • Avatar Renata disse:

    Esse picador lembra minha infância, minha mãe tinha um desses as vezes eu ajudava ela na cozinha… =o)

  • Avatar Simone disse:

    O extrator eu tenho dois, é produto de infância, hoje tenho 32 anos… Sempre usávamos na casa da minha mãe, e assim que casei comprei pra mim, são práticos,costumo usar com laranja mesmo,é só apertar e colocar no copo o suco tá pronto…

  • Avatar lili disse:

    O batpick é mais velho que andar para a frente.O extrator eu compraria e colocaria no limão, para usar na mesa.

  • Avatar Camila Santos disse:

    Tati, menina…
    Esse extrator me levou lá na minha infância…
    Aqui em casa, somos em três irmãos, minha mãe comprou um para cada um quando éramos pequenos para tomarmos suco direto da laranja.
    A gente achava incrível!!!
    Mas tem muito tempo que não vejo para vender nos mercados da minha região.
    Bjus

  • Avatar Unknown disse:

    O bat pik não sei, mas o extrator é ótimo e coisa bem antiga, nada de novidade, vale a pena ter.
    Ângela Souza

  • Avatar Marta Ribeiro disse:

    Oi Tati eu tenho o Bate pik ,mas desisti de usar pois por mais que tente não consigo tirar toda sujeira que fica em cima,aposentei o meu,bjs.

    • Avatar Aline disse:

      Você pode desmontar ele pra limpar. Tem vídeos na internet.

  • Avatar Marcelo disse:

    O batpik, já tive, funcionou bem por bastante tempo mas acabou quebrando. Pra limpar de acordo, dá trabalho, mas como cebola e salsinha não são gordurosos, uma boa passada de água com algum detergente dava conta do recado a maior parte das vezes, mesmo sem esfregar. Quando não, só desmontando e usando a buchinha mesmo. O meu não chegou a perder o corte, mas sempre foi usado sobre tábua de madeira, talvez fosse por isso. Mesmo pra picar tomate usávamos sem problemas.
    O extrator, tive um similar mas não é qualquer um que amassa uma laranja de acordo pra tirar todo o suco não, melhor o clássico espremedor de duas peças que todo mundo já teve, tem ou vai ter um dia.
    De qualquer forma, valeu a lembrança 🙂

  • Tenho um descascador e boleador desta marca há alguns anos e gosto muito. Agora, quero um desse bate tralalá para os dias de chorar, quando tenho de picar cebola para o arroz, para a farofa, para o vinagrete, para o…. kk

    Beijão

    mariacarambola.wordpress.com

  • Avatar Juliana Faria disse:

    Olha aqui na minha cidade eu sempre acho coisas pra vender mas similares e não da Keita, depois que consegui o descasdor da keita estou inlove rsrsrs pq eu sou muito lerda pra descascar ou picar qualquer coisa…

  • Avatar GILSON disse:

    Voltei aos anos 60, aqui em São Paulo. Sempre que ia ao centro, voltava para casa com essas quinquilharias. Aliás, o extrator era até bem melhor, por era de metal e não quebrava com tanta facilidade. De volta ao passado, sem saudades.

  • eu adoro para o alho é mesmo mt bom e pratico bjs

  • Avatar Simone disse:

    oi Tati! onde encontro para comprar? voce sabe?

    • Simone eu vejo em supermercados mais populares, essas lojas de utilidades e até em loja de R$1,99 ja vi.
      Bjs

  • Avatar Bru disse:

    Adoreii vc pode indicar em qual site comprou?? beijoss

  • Não conhecia este extrator, parece bem legal!

    Fabiana.

  • Avatar Shy Neves disse:

    Nossa!!! Eu lembro de tomar o suco de laraja diretamente nesse extrator quando eu era pequena!

    Como é bom lembrar dos velhos tempos! rsrsrs

  • Çok pratik,
    sevgiler

  • Avatar Regina disse:

    Amei o segundo item, cortar cebola é um caos pra mim rsrsrs

    Linda quinta pra você beijos beijos
    Re…

    http://zigzagregina.blogspot.com.br/

  • Olá Tati!!
    è a primeira vez que escrevo aqui, mas acompanho todos os dias e adoroooo suas receitas!!! Já indiquei o site pra muita gente, inclusive pra minha mãe!!
    Já usei um triturador similar. Não sei se era porque já estava sem fio (minha mãe me deu depois de já usar bastante), mas eu tinha que dar umas porradas nele pra conseguir atravessar a cebola…srrsrs Eu chacoalhava a pia toda! Era um sofrimento!!rsrs Aí devolvi pra minha mãe e tá lá guardado, já que ela tem um multiprocessador!
    Vou testar o extrator!! O descascador da Keita eu adoro! Uso sempre!!
    Bjss

  • Avatar Kelly disse:

    Olá, sempre quando preciso cortar uma grande quantidade de cebolas uso o meu, gosto bastante. Acho melhor colocar a cebola cortada na horizontal, pois na vertical( como esta na sua foto) as vezes ela fica presa na lâmina, fica como dica.
    Grande abraço.
    Kelly

  • Avatar Addicted disse:

    Adoro estas tralhas 🙂
    beijinhos
    http://cookaddiction.blogspot.pt/

  • Sem querer revelar a idade… mas esses produtos são antigos… lembro do extrator de laranja era a sensação de quando era criança.

    Já o bate pik era tradição de família… made in china…chamamos de triturador.

    Ele é bom para cebola e temperos verdes… mas para lavar um saco mesmo!
    Recentemente uma amiga ganhou um importado, com a ideia de picar tomate para guacamole… ela como não tem paciência para essas coisas deixa de enfeite, pois ele é bem bonito!

    Bem para mim a tradição ficou para traz… doei o meu pq uso a mão ou multiprocessador para grandes quantidades… agora o extrator vou procurar.

  • Achei os dois muito interessantes… tinha as minhas dúvida quanto ao extrator, mas se funciona, preciso de um já…

  • O extrator deve ser bem legal pra vc usar principalmente limão em receitas e saladas… deve ser mais pratico do q o espremedor de limao normal…
    O batepik minha mãe teev qdo eu era adolescente, lembro q era bem prático pq vc não chora na hora de picar uma cebola e nem fica com cheiro nas mãos… não me lembro de ser dificil de lavar nao… mas como faz tempo, nao posso afirmar com toda certeza…
    Bjs
    Mirna
    coisasdoreiarthur.blogspot.com

  • eu tenhjo os dois ..mas o chato é lavar esse de picar kkkkk eu desisti de usar e deixei o meu na gaveta tem uns 2 anos kkkkkkko nome é o óhhhhh kkkkkkk mas a dica é boa bjus

  • Avatar Artes da Mel disse:

    Gostei bastante da ideia do Extrator, deve ser muito prático. No meu caso acho que dificilmente usaria o Bate Pik, é mais rápido picar rapidinho a cebola…rsss, e dificilmente pico grandes quantidades de cebola ou tomate. Mas gostei das dicas.
    Bjs
    Mel

  • Mas que esse nome, "Bate pik", é bem estranho… ah, isso é.