Laranjinha Kinkan em Calda

Para quem não conhece essa variedade de laranja, ela é bem miudinha, cerca de 5 cm de diâmetro. Acho um pouco amarga para consumir como fruta (tem que ame), mas na forma de compota, geleia ou em calda fica muito boa. Essa receita é tradicional na casa da minha mãe porque ela tem um pé na casa dela.

Para esta receita, lave bem 2 kg de laranjinhas, em seguida corte-as ao meio e retire as sementes (mantenha a casca). Leve ao fogo com 1 kg de açúcar refinado (pode ser cristal também) e 1 litro de água. Tampe e deixe ferver. Quando levantar fervura abaixe o fogo e mantenha tampada, abrindo de vez em quando para mexer. Se secar demais a água, vá pingando aos poucos, pois o ideal é formar uma calda. Fica pronta em cerca de 40 minutos.

A calda deve engrossar e as laranjinhas quando cozidas vão ficando meio transparentes. A melhor maneira de saber se está no ponto é provando. Se a laranja estiver macia pode desligar o fogo.O ideal é usar uma panela funda e manter tampada para cozinhar mais rápido e não evaporar tanto a água. Fica um doce lindo e perfumado!

Boa semana para vocês, porque a minha vai ser uma correria sem fim!!!

23 comentários abaixo sobre Laranjinha Kinkan em Calda

  • Avatar Julce Bassani disse:

    Olá Tatiane! Estou fazendo a sua receita para aproveitar as laranjinhas que colhi na casa de minha sogra!!! Ok? Muito obrigada por compartilhar… Beijos!

  • Avatar ildete maria da silva disse:

    o meu doce ficou uma delicia mas fiascou muchibento por que?

  • Avatar morena disse:

    Eu deixo elas de molho de um dia para o outro trocando a água cerca de 3 vezes. Não amarga

  • Avatar Fabiano Cunha disse:

    o meu ficou levemente amargo. É assim mesmo?

  • fiz e ficou uma delícia!!!

  • Onde eu acho essas laranjinhas? É regional? Procurei aqui no RJ, mas não acho… :/

    • No Estado de SP é facil, mas aí no RJ não sei dizer…
      Bjs

    • Oi Luciana, essa fruta você consegue encontra-la no Hortifruti e o preço não é tão caro, paguei na semana passada R$ 2,40 kg. A sua origem é da Asia, muito comum na China onde a chamam de "laranja de ouro" e você a come inteira, dispensando somente os caroços. E no Sul do nosso País a chamam de xinxim. Espero ter ajudado. Abraços

    • Avatar Luciana disse:

      Eu fiz e trouxe um vidro de 5 litros pra minhas irmãs em SBCampo, moro em Araçatuba SP . Tenho um pezinho na minha casa e carrega todo ano . Fica sim levemente amarguinhi no final , mas é típico dela , é exótica . Abços

  • Avatar rafaelaa disse:

    eu comi o kinkan do vizinho

  • É necessário retirar o sumo da casca antes de levá-las ao fogo???

  • Olá, Tati!

    Tenho alguns pés de kinkan em casa, sendo apenas um pé – com a fruta mais alongada – que não produz frutas amargas. As demais árvores produzem frutas de fazer careta mesmo..rsrs

    Frutas em calda é sempre a forma mais rápida de aproveitarmos quando temos grande quantidade de frutas, além das geleias.

    Vou aproveitar que ainda temos algumas nos pés e testar a sua receita.

    Grata por compartilhar!

  • Como armazena ? Geladeira ?

  • Essa daí por acaso é a mesma fruta que Xinxim? rsrs é muito parecida pelo menos… Minha vó faz essa geléia, porém usa só a casca… o gominho (branquinho) ela diz que deixa amargo 😡

    • Olha eu não sei dizer, pois conheço apenas como Kinkan. Dizem que tem mais de uma variedade e nem todas são amargas. Ela tem um leve amargor sim, mas beeem pouco.

  • Avatar gabiibn disse:

    sempre comi só a casca dessa laranjinha, uma delícia hehehe

  • Avatar Mafaldinha disse:

    não conhecia mas parece deliciosa como doce.. bjinho

  • nao conheço mas assim como fizestes deve ser mesmo mt bom bjs bd