Tiramisù

Eu tinha um pote de mascarpone em casa e comecei uma verdadeira cruzada para encontrar a receita tradicional de Tiramisù, que para quem não conhece é uma sobremesa de origem Italiana, tipo um pavê que intercala um creme delicioso com biscoitos umedecidos no café. Muitas receitas levam creme de leite fresco batido ou claras em neve, mas pelo que li o tiramisu tradicional não tem esses ingredientes e tem formato redondo (o que eu não segui).

Já prevendo as perguntas que virão se você não encontrar o queijo mascarpone na sua região, sugiro pegar a receita dele no google (tem várias), é facílimo de fazer! Ele tem gosto de nata, de creme de leite levemente adocicado e consistência de queijo cremoso.

Se você também não tiver o vinho Marsala você pode usar vinho do porto ou não usar nada, uma vez que na receita tradicional tb não tinha esse ingrediente (mas eu usei porque… ah porque sim! kkkkk).

No fim do post tem um vídeo de um Italiano fazendo a receita (se você estiver lendo por e-mail só vai ver o vídeo se acessar o blog) que foi o que eu usei para me orientar.

Também preciso dizer que fiz uma receita pequena, que renderam 3 potes desse da foto. O pote é grande para porção única, então considere que esta quantidade rende 4 porções generosas.

Primeiro de tudo é fazer uma xícara grande de café muito forte! O ideal é café espresso, mas você pode fazer um coado bem forte ou diluir uma colher (sopa) de instantâneo em uma xícara de água beeem quente. Deixe esfriar para usar. Misture um cálice pequeno (usei uns 50ml) do vinho Marsala e reserve (lembrando que o café é sem açúcar).Agora o creme.

Bata 3 gemas pequenas ou 2 grandes com 125g de açúcar. Eu usei o batedor de arame mesmo. Bata até virar um creme claro e fofo. Junte 250g de mascarpone e está pronto o creme. Sim, vai gema crua, por isso os ovos devem estar muito frescos. E para não ficar cheiro de ovo tem que tirar a pelinha ou passar por uma peneira. Se você não come gema crua, não vai comer Tiramisù, não tem jeito, sorry!


A montagem é muito simples. Mergulhe o biscoito de champagne no café. Mas tem que ser MUITO rapidamente, coisa de 2 segundos, senão fica molenga demais. Coloque uma camada de biscoito molhado no café e cubra com uma camada de creme, repita a operação e no final polvilhe cacau em pó, que como eu não tinha foi o chocolate do padre mesmo (Dois Frades).


Mantenha refrigerado até o momento de consumir.

Minha sobremesa preferida do momento! Simples e tão espetacular! Ah! Já ia esquecendo o vídeo do “tio do tiramisù”: