Fortaleza – Diário de Viagem #2

Hoje eu conto um pouco mais sobre minha breve passagem por Fortaleza-CE. Fiz em forma de “diarinho”para facilitar para eu lembrar de tudo. Para ver o post anterior, com o início da viagem, clique aqui.

No segundo dia na cidade fomos fazer um passeio pela praia de Cumbuco que fica cerca de 30km de Fortaleza. O passeio foi agendado na recepção do nosso hotel (eles mesmo indicaram). Fizemos com a Vitorino Turismo e foi tudo OK, serviço correto conforme o combinado.

Paramos na barraca Velas do Cumbuco que tem uma estrutura bem bacana (piscina e parquinho pra crianças), vários ambientes, restaurante, lojinhas, etc. Do mezanino a vista é uma coisa linda olha só:
Logo que chegamos fomos fazer o famoso passeio de bugue “com emoção” pelas dunas. Gente fiquei 2 dias com dor na bunda hahahaha. Mas é muito bom! Não recomendo para cardíacos hahahaha.

São duas horas rodando de bugue pelas dunas com paradas para skibunda (marido amou), tiroleza, e parada em algumas lagoas lindas que se formam e a galera pratica KiteSurf.
A parte do bugue nas dunas eu diminuiria 70% porque achei longa demais, mas as paradas valem à pena. Custa R$ 65,00 por pessoa para fazer o passeio completo ou R$ 50,00 por pessoa para fazer só a parte das dunas, sem parar nas lagoas. Comporta até 4 pessoas por veículo. Lá você também pode agendar um passeio de jangada (com jangadeiro profissa) para ir até alto mar num “trocinho” desses (encara?):
Almoçamos na barraca. Peixe assado com acompanhamentos. Não estava ruim, mas nada de fazer suspirar. Apenas OK. Aliás eu tive uma longa conversa que virou uma grande reflexão sobre a “estética” da comida nordestina, mas é assunto para outro post. Aí o peixe:

Ficamos o resto da tarde na barraca e voltamos no fim do dia para o hotel. Neste dia estávamos tão cansados (Eita veiera! Dá-lhe dorflex!) que não deu coragem de sair. Jantamos no hotel mesmo.

8 comentários abaixo sobre Fortaleza – Diário de Viagem #2

  • Avatar Marcia disse:

    Fui a Natal mês passado e paguei por um passeio de bugue R$ 120,00 (um absurdo) .
    Minha próxima viagem vai ser conhecer Fortaleza

  • Avatar Gabi disse:

    Eu gosto muito do Cumbuco mas não costumo frequentar barracas, eu geralmente fico no hotel Golfinho. O hotel é aberto para quem quiser passar o dia aproveitando a piscina, a proximidade do mar e claro, o bar e as comidinhas deliciosas. Para não-hospedes no entanto é cobrada uma taxa que, agora não lembro se é consumação ou não, no valor (na ultima vez que fui uns anos atrás) de R$ 15,00. Hoje dia imagino que já deve estar girando em torno dos 30.
    É um hotel muito gostoso para se hospedar também. Recomendo para sua próxima visita!

  • Avatar Flávia disse:

    Tati, a praia do Cumbuco é caríssima. Cheio de turista gringo. Eles enfiam a faca em qualquer um, né só nos turistas não. E essa barraca então…
    Tem muitas outras barracas (no cumbuco mesmo) mais baratas.
    Ah… e eu adoro essa comida de praia.. Esse peixe assado com pirão.. huuuuuuummmmmm….

  • Não perco um dia o "Panela"como chamo carinhosamente aqui em casa….
    seu diário está mara….
    bjs pra" loucadobugue"….:-)

  • Avatar RayVidal disse:

    Kkkkkk morri de rir da lokadobugue! Eh Tati.. Aqui tá caro de se viver e não eh só pra turista não, eles enfiam a faca em tudo e todos que puderem, haha.

  • Vc. conheceu lugares que eu, como cearense, não conheço ainda.
    Sou muito medrosa e não encararia esse passeio de bugre com emoção.
    Adoro um peixinho assado, um pirão com arroz. As batatinhas, não.
    gostando do seu diário de viagem.
    Bjs

  • Avatar ValLindinha disse:

    Estética só, não! Este tomatinho fez aniversário na geladeira. E o arroz foi só torrado! Meu Deus, pra você que é profissa no forno e fogão, deve ter tido vontade de mandar tudo de volta, invadir a cozinha e já sair tomando as panelas da cozinheira: "Olha e aprende!"