Pipoca de Leite Ninho

Gente, alguém me explica o que é essa “leiteninhização” do mundo? Hahahahaha. Tudo que é receita agora tem leite Ninho. Na verdade pode ser qualquer leite em pó, mas o Ninho é referência, então usamos mais ele. Para ser sincera eu amo leite Ninho, como até puro, então fico doida para experimentar as receitas que vejo por aí. Hoje foi a vez da pipoca, que tenho ouvido falar bastante e estava bem curiosa.

Eu achei bem gostosa, mas é porque a pipoca doce já é gostosa, não acho que o Ninho nessa receita seja o principal. Achei que valeu experimentar, mas sinceramente eu acho que esse leite em pó fica melhor em outras receitas, nesta ele ficou meio “apagadinho”, entende?

Fiz a pipoca doce na pipoqueira usando:

  • 1/2 xícara de açúcar,
  • 1/2 xícara de milho de pipoca;
  • 1/4 xícara de água;
  • 1/4 xícara de óleo.

Levei tudo ao fogo médio na pipoqueira, mexendo sempre até começar a estourar, abaixei o fogo e continuei mexendo até finalizar.Despejei a pipoca em uma assadeira e polvilhei 1/2 xícara (chá) de Leite Ninho. Essa pipoca sai da panela bem grudentinha por causa do açúcar, aí quando esfria ele endurece e vira uma casquinha caramelizada. É por isso que com ela ainda quente o leite em pó adere na superfície.Essa pipoca dura até 2 dias se guardada em recipiente bem fechado, e ela tem que estar totalmente fria para ser guardada.

Dá para fazer sem pipoqueira?Até dá, mas o que geralmente acontece é que as pessoas não conseguem mexer depois que começa a estourar, aí o caramelo fica marrom porque dá uma queimadinha e a pipoca fica amarga. Se vc pode e tem vontade minha sugestão é que compre uma pipoqueira. Não custa caro e eu uso demais a minha.

Ficou com dúvida?

Veja minha página de dúvidas frequentes