Feijão Tropeiro em 15 minutos

A Camil  me enviou para testar o seu feijão que já vem cozido em embalagens da Tetra Pak de 490g.

Confesso que eu tinha um certo preconceito com feijão já cozido vendido em supermercado, mas fiquei muito bem impressionada com o produto. A aparência é ótima, os grãos são todos inteirinhos, o ponto de cozimento perfeito. Como ele vem sem tempero, cada um pode usar o temperinho que mais lhe agrada, e o melhor: é 100% natural, sem conservantes ou aditivos. Virei consumidora!

Junto com o produto veio um encarte de receitas e eu escolhi o Feijão Tropeiro para testar. Ficou divino! Facílimo de fazer e muito prático!!! Fiz metade da receita abaixo:

Usei apenas metade da caixinha e a outra metade eu vou temperar e servir amanhã, porque depois depois de aberto ele dura 3 dias na geladeira. Adoro produtos que facilitam nossa vida! Valeu Camil ! Acabou com a minha preguicite de fazer feijão com frequência!!!

Marido agradece!

Esta postagem é um artigo patrocinado.

Ficou com dúvida?

Veja minha página de dúvidas frequentes

Este texto é um artigo patrocinado, o que não invalida a opinião expressa pela blogueira e o empenho em selecionar produtos e serviços de qualidade para o blog

17 Comentários

  1. Tati, fiz a receita passada aqui mas, ficou parecendo um chiclete. Verifiquei outras receitas e não vai água, será que foi por isso? Bjs e adoro suas receitas, sempre faço sucesso!!!

  2. Eu uso o de feijão fradinho e faço assim: refogo todos os temperos q gosto, cabola, alho, cuentro e cebolinha. Coloco a caixinha toda de feijão e deixo apurar bem os sabores, depois coloco uns 150gr de queijo de qualho picado fica delicioso e cremoso.Ah, ia esquecendo q o sal é a gosto né meninas?? Amo seu blog!! Xeroooo bem cearense!!

  3. Meire Rioto disse:

    Tati, também comprei esse novo feijão camil com uma pulguinha atrás da orelha – preconceito que aprendemos a cultivar já que moramos num país onde os alimentos frescos são tão fartos… compreensível, né?! Mas ele ficou muuuuiito bom, preparei da forma tradicional, para comer com arroz mesmo. Temperei com um refogadinho de azeite, alho e cebola + sal e pimenta do reino. Minha filha amou! E eu também! bjos

  4. Diferente e apetitoso ;D

  5. Nicholas disse:

    Estou seguindo o blog, e ponho ele no meu blogroll, só por causa do feijão tropeiro. Virei capixaba já

  6. maria isabel disse:

    Tatiana eu acho que mandei a mensagem no nome do meu filho,Felipe, e ele agora ta aqui dizendo pra eu justificar,rsss.Não precisa postar a mensagem se não quiser.
    Abs,
    Maria Isabel

  7. Tati, eu uso esse feijão já cozido pra uma receitinha booa de nachos!! refoga carne moída com temperinhos bem picantes e coloca o feijao com um pouquinho do caldo (antes de coloca-lo na panela eu amasso um pouquinho com o garfo, pra deixa-lo mais cremoso). Coloca essa carninha com feijão em cima de doritos (aquele sem sabor) um pouco de muçarela e cheddar ralado em cima e forno. Sirvo com sour cream e guacamole!! hmmmmmm

  8. Feijao tropeiro eh tudo de bommmm!!!! Mas prefiro cozinhar o feijao!!!! Hummmm, que deliciaaaa!!!!! Bjssss

  9. Cris disse:

    Eu já uso o feijão de caixinha faz um tempão. Como somos só eu e meu esposo, é uma mão na roda. Coloco um alho frito, deixo o caldinho engrossar e fica ótimo!

  10. lmm disse:

    O produto é bem legal pra quebrar um galho, mas… "sem conservantes e aditivos" mais ou menos. Como quase todo alimento industrialmente processado tem um montão de SÓDIO, cuja função é ser… conservante… E colabora pacas pra hipertensão. Veja lá na composição!
    Abraço e parabéns pelo blog!

  11. Também nunca curti, mas confesso que já usei em caso extremo (preguiça mesmo) rs

    Agora AMIGA…..essa receitinha esta IMPERDÍVEL!!!!!

    Beijocas
    Andressa
    http://pimentasdocepimentas.blogspot.com.br/

  12. Mila Matos disse:

    Olá, eu também sempre fui preconceituosa em relação a feijão pronto já cozido. Por morar fora do Brasil e ter crianças pequenas era uma preocupação enorme fazer feijão. Comecei por comprar uma panela caríssima e fazer o feijão que encontrava, às vezes dava sorte, às vezes não. Quando finalmente resolvi experimentar o tal feijão enlatado foi uma grata surpresa pois era muito melhor do que eu esperava, muito mais barato e fazia pouca bagunça na cozinha. Era só abrir a lata e continuar com o meu temperinho… Comecei a usar em outros preparados, como por exemplo, na sopa e no arroz de feijão(cremosinho é uma delícia!). Aqui não tenho Camil, uma pena, pois tenho a certeza de que é um produto excelente.

  13. Projeto ViVa disse:

    Puxa, que legal! Quanto custa, Tati, vc tem idéia?