Espaguete com Molho e Polpettine

Polpettine são pequenas almôndegas que no caso dessa receita eu cozinhei no próprio molho de tomate. Usei um espaguete integral cozido al dente e um molho bem leve com pouca gordura, porque nessa época de fim de ano o “bicho pega” com a balança né gente?

Para o molho refoguei no azeite:

  • 1 cebola picada;
  • 3 dentes de alho picados;
  • 4 colheres (sopa) de pimentão picado;
  • 1 buquê de ervas frescas (salsinha, orégano e manjericão);
  • 2 latas de tomates pelados;
  • Sal e pimenta do reino.

Deixei apurar bem e a medida em que a água ia evaporando e o molho ia ficando grosso eu pingava mais, até os tomates quase se desmancharem.

Para as “almondeguinhas”: Usei 1 xícara de filé mignon moído (quando compro a peça toda para fazer medalhão, peço para o açougueiro moer o cordão e as pontinhas que são mais finas) temperado com:

  • 1 colher (café) de sal;
  • pimenta do reino;
  • 2 colheres (sopa) de shoyu;
  • 2 colheres (sopa) de salsinha picada;
  • 1/4 cebola ralada;
  • 1 dente de alho triturado;
  • 1 colher (sopa) rasa de mostarda;
  • 1 colher (sopa) rasa de farinha de trigo.

Basta misturar tudo bem misturado e fazer bolinhas pequenas. Quando o molho de tomates estiver borbulhando, coloque as almôndegas dentro dele e deixe ferver até cozinhar, mexendo delicadamente se necessário. Mantenha a panela tampada para o molho não secar demais, mas se isso acontecer, é só ir acrescentando um pouco mais de água.

Por fim, coloque o molho sobre a massa de sua preferência, rale um bom parmesão, decore com folhinhas de manjericão e “mangia che te fa bene”!

* Rendimento: Eu fiz metade da receita, mas se você fizer a quantidade que está descrita neste post, será suficiente para 1 pacote de espaguete (de 4 a 8 porções dependendo da fome da sua galera).

7 comentários abaixo sobre Espaguete com Molho e Polpettine