Beliscão de Goiabada

Lá p/ as banda onde eu nasci essa bolachinha se chamava beliscão, por aqui vi como “goiabinha”, mas independente do nome a bichinha é boa demais da conta! É bem fácil fazer mas precisa um cadim de paciência para fazer uma a uma, terapia intensiva!

A massa é molezinha:

Misture:
1 ovo
1 xícara (chá) de manteiga
2/3 de xícara (chá) de açúcar
Farinha de trigo aos poucos até desgrudar das mãos.
Você vai usar de 2 a 3 xícaras (chá) até dar ponto. Tem que ficar meio quebradiça.

 Para a montagem corte pequenos círculos (eu usei uma tampinha de um tempero), coloque um pedacinho de goiabada no meio e feche.


Leve para assar em forno pré-aquecido em 200º em assadeira forrada com papel alumínio. O alumínio é para não sujar a assadeira porque a goiabada vaza mesmo. No meu forno leva exatamente 15 minutos, mas fique de olho, quando começar a dourar tá no ponto.

Outra dica importante: assim que tirar do forno, retire as goiabinhas uma a uma do papel alumínio e passe para uma superfície lisa (prato ou assadeira) para esfriarem. Se você deixar esfriar na própria assadeira que assou, vai ser difícil desgrudar do alumínio porque a goiabada que derreteu fica dura quando esfria.
O ideal é usar a goiabada Cascão que não derrete, mas eu não tinha na hora.

Agora é só passar um café e se arrepender de ter feito só uma receita, que rende 4 vezes a quantidade da última foto.

Ficou com dúvida?

Veja minha página de dúvidas frequentes