Arroz Carreteiro

De acordo com a Wikipedia, “o arroz carreteiro (ou arroz-de-carreteiro) é um prato típico da culinária brasileira, originário do Rio Grande do Sul. Surgiu quando os carreteiros (transportadores de cargas) que atravessavam o sul do Brasil em carretas puxadas por bois coziam em panela de ferro uma mistura de charque picada (guisado) com arroz“.

Outro dia fiz uma abóbora com carne seca e sobrou um pouco da carne já refogada. Na hora me veio a ideia do carreteiro. Eu usei aquela carne da caixinha. Veja –> aqui como ela foi refogada.
Para essa receita que rende 4 porções, os ingredientes foram:
1/3 de gomo de calabresa picada;
2 colheres (sopa) de bacon picado;
1/2 cebola pequena picada;
2 dentes de alho picados;
1 tomate sem semente picado;
1 e 1/2 xícara de carne seca refogada;
2 xícaras de arroz cru;
Temperos: sal, pimenta do reino e cheiro verde (de acordo com seu paladar).

Refoguei a calabresa e o bacon e na gordura que soltaram juntei a cebola e em seguida o alho. Somei o tomate e a carne seca que já estava temperada. Acrescentei o arroz, 1 colher (café) de sal e cobri com água fervente. Deixei cozinhar com a panela semi tampada até diminuir bem a água, então tampei e esperei terminar o cozimento do arroz. Polvilhei pimenta do reino, cheiro verde e uns cubinhos de queijo minas.
* Como a carne seca já estava bem temperada eu usei pouco tempero nesta receita. Se você fizer com a carne seca apenas desfiada, sem tempero, aumente as quantidades de alho e cebola e acrescente 1/3 de pimentão picadinho.

22 comentários abaixo sobre Arroz Carreteiro

  • QUERIDA…ESTOU ADORANDO SEU SITE….DIVINO…AMANHÃ MESMO FAREI O FRANGO COM CALDO DE MILHO VERDE….OBRIGADA…HUGS

  • Obrigada! Vou fazer isso então! Amanhã posto os elogios!!! rs com vc no comando é certo! bjs

  • Oi Tati, tudo bem? Fiz com arroz parboilizado, ficou uma delícia mas gostaria que ficasse mais molhadinho. Será que se eu fizer com arroz branco, vai ficar mais molhado ou é a mesma coisa? Alguma sugestão? Obrigada! bjs

    • Ele é um pouco mais seco sim, mas em todo caso, coloque mais agua, é isso que vai deixar mais úmido, desligue o fogo antes dela secar bem e deixe tampadinho.
      bjs

  • Tati, o arroz ficou uma delícia! Marido e filhos adoraram! Para acompanhar fiz a barca de abóbora com carne seca! Hum…maravilha!!!Obrigada pelas receitas! Você sempre salvando nossas vidas! bjs

  • Avatar Joel Moreira disse:

    A mixigenação no Brasil não é só racial. Ainda bem, porque nossa culinária é excelente.
    Temperos e ingredientes versáteis.

  • Avatar Joel Moreira disse:

    Excelente sugestão. Um prato versátil e apetitoso. Gostaria de saber se funciona com sobra de arroz?

  • Avatar Ana disse:

    Fiz ontem essa receita! Ficou uma delícia!! Adorei a dica… bom para inspirar nossos cardápios! Um beijo!

  • Avatar Grazi disse:

    nossa ta com uma cara otiiiiima…

  • Avatar Claudinha disse:

    Tati, testei ontem mesmo e não é que deu certo??? rs
    E ainda coloquei uma mandioquinha que estava ficando velhinha na geladeira.
    ô trem bão …

  • Avatar Patricia disse:

    para nós do nortão o arroz carreteiro leva tudo isso e mais algumas verduras tipo cenoura, abóbora, vagem…..bem como diz os chiques "RESTONDONTÊ" é o prato do dia

  • Avatar Carol Marques disse:

    Ai que dilíça Tati…. acho que vou fazer para o final de semana… beijos.

  • Olá Tati!

    Nossa, você faz o arroz carreteiro exatamente como a minha mãe faz, com carne seca, calabresa e bacon. E eu sempre achei q fosse exagero da minha mãe, já que por aí, o arroz carreteiro é feito apenas com carne seca.

    Amei saber que a minha mãe é q estava com a receita certa! Esse tomatinho faz uma diferença nesse arroz, eu amooo…

    Beijooo…

  • Avatar Jaque disse:

    Aqui no Sul quando é arroz com linguiça e outras "sobras" chamamos de "Arroz de China Pobre"…

    bjoos!

  • que arroz!!!!!!! é de amarrar qualquer homem (que não seje vegetariano) vou fazer! thankyou!!!!

  • Avatar Thais disse:

    Oi Tati, o povo da fronteira (cidades próximas ao Uruguai e Argentina) faz o carreteiro com poucos ingredientes, bem campeiro mesmo, tipo arroz, charque e cebola e sal para temperar (e olhe lá!).

    E claro, usar as sombras de churrasco (daí vale carne, salsichão – linguiça) é sempre uma boa pedida.

    Bj

  • Avatar CAROL disse:

    muito bom vou fazer

  • Avatar Mel Bueno disse:

    Hum, faz tempo que estou com vontade de comer esse arroz, mas estava com medo de fazer….agora com esse passo a passo chic da Tati…tomei coragem e vou fazer no fds….Tati vc eh mesmo um anjo!!
    bjs

  • Um arroz bem apetitoso Tati, adorei

    bjs!!

  • Avatar Ana Paula disse:

    Ai que saudade do meu avô! Ele fazia sempre esse arroz!
    Obrigada pela receita Tati.
    Bjs