Padre Nosso com Ragu

Padre Nosso é o nome desse macarrão, que é bastante usado em sopas, mas para este prato pode ser usada qualquer massa. Ragu: Do Francês ragoût. Carnes ou aves cortadas em pedaços pequenos e regulares, cozidas no molho, vinho ou água, formando um ensopado substancioso. Traduzindo: “molho”.

Receita para 2 pessoas que comem muito bem:
600 g de carne cortada em cubos (usei paleta bovina);
1 cebola pequena picada;
2 dentes de alho espremidos;
1 cenoura picada (em pedacinhos muito pequenos);
6 azeitonas verdes picadinhas;
1 envelope de caldo de carne em pó.
2 tomates grandes sem pele e sem semente picados;
100 ml de vinho tinto seco;
100 ml de molho ou extrato de tomate sem tempero;
Temperos a gosto: usei sal, cheiro verde, louro e pimenta.

Tempere a carne 2 horas antes como preferir (usei sal, pimenta e molho de soja – shoyu). Carne boa para Ragu é músculo, paleta, ossobuco ou qualquer uma que você use para fazer carne de panela.

Refogue em uma panela grande com um pouco de óleo a cebola e na seqüência adicione o alho, antes de dourar junte a carne. Frite os cubos de todos os lados até estarem dourados.

Acrescente a cenoura, as azeitonas e refogue mais um pouco. Some os tomates picados, quando começarem a soltar água polvilhe o caldo de carne em pó e misture bem. Junte o vinho, folhas de louro, o molho de tomate e deixe reduzir. Se for preciso, acrescente um pouco de água fervente para deixar o molho mais ralo.

Esse molho tradicionalmente fica em fogo baixo cozinhando até que a carne fique bem macia, mas eu não tinha tempo suficiente e mandei bala na panela de pressão por 20 minutos (acrescentei mais água antes de levar à pressão, mais ou menos uns 200ml).

Tire a carne do molho e desfie grosseiramente, volte a carne para dentro do molho e deixe ferver em fogo baixo até engrossar bem (uns 15 minutos). Se preciso corrija o sal (não usei) e adicione pimenta (do reino moída na hora).
Sirva sobre polenta mole ou massa da sua preferência.
Usei mais ou menos 1/3 do pacote de macarrão. Cozinhei a massa al dente, cobri com molho, adicionei um pouquinho de cheiro verde picado, queijo parmesão ralado grosso e corri pro abraço!

23 comentários abaixo sobre Padre Nosso com Ragu

  • Avatar Angélica Pinelli disse:

    Tati, acabei de conhecer seu blog e… "apaixonei"! Parabéns pelas receitas e pelo humor. Delícia!
    Estou escrevendo para contar uma curiosidade a respeito do nome desse macarrão e daquele outro que é uma argola mais fininha, Ave-Maria. É que para controlar o cozimento da massa, as cozinheiras de antigamente controlavam o tempo fazendo as respectivas orações. Beijos e parabéns!!!

  • Oi tati, td bem? Conheci agora seu blog, muito legal, como só faço doces profissionalmente, de vez em qdo dou umas olhadas nos salgados para ficar com água na boca… Esse molho " Ragu" minha avó faz há muito tempo com músculo e macarrão talharini, é uma receita de família deliciosa, mas fiquei sabendo agora que o nome é Ragu! beijos e parabéns

  • Avatar Fla disse:

    Eu adoro ragu de ossobuco. Com paleta também deve ficar delicioso.
    Adorei tua receita Tati.
    Beijos

  • Anita, esse rat gôut não me apeteceu muito kkkkkkkk…

  • Avatar Iliane disse:

    adorei o ragu..ficou lindo!!e..com essa massa!!muito bom!..amei o passo a passo..bjus

  • Avatar Anita disse:

    Cultura inútil: ragu vem do francês "rat goût (de mouton)". Na I Guerra os franceses comiam carne de rato (que e' molinha e parece que tem gosto de carne de carneiro…). Alias, amei sua receita. Kissitos !

  • O nome da massa é engraçado, não a conhcia-a por esse nome! eheheheheh
    Simplesmente perfeita!
    Beijinhos doces e um bom fim de semana *.*

  • Avatar donabimby disse:

    Mais uma receita fabulosa
    Parabéns Tatiana

    beijinhos

  • Avatar Elisabete disse:

    Delicioso e com massa, ficou supimpa.

  • Avatar Nani disse:

    Bem suculento esse pratinho, bjs.

  • Gostei do nome da massa…não conhecia!! Mais uma vez tudo com delicioso aspecto… e agora com a hora de almoço a chegar já comia um pratinho!!Beijinhos

  • Avatar Marina disse:

    Este ragu tem muito bom aspecto!
    Beijinhos.

  • Avatar Rachel disse:

    Tati, gosto muito de macarrão, e de preferência esses grandes, largos, redondos. Com esse ragu deve ter ficado supimpa! Bjuss!!!

  • Avatar Gina disse:

    Também não conhecia essa massa como padre nosso.
    O prato ficou ótimo!
    Bjs

  • Avatar Fatias Douradas disse:

    Gostei do nome da massa!O ragu: 5 estrelas!
    Bj

  • Avatar Raul Carneiro disse:

    Bela foto. parece uma delicia. Não sabia que essa massa chamava-se padre nosso. Pra mim era macarrãozinho de sopa…rs..

  • Avatar Anônimo disse:

    Tia Lígia não tá acreditando… QUANTA COMIDA BOAAA!!!!!que orgulho!!! vem passar uns dias aqui em casa pra cozinhar pra gente vem rsrsrs. BEIJOS.

  • Avatar Abelha Maia disse:

    Uma maravilha de refeição, até sinto o cheiro e o fumegar…hummm.
    bjsssss

  • Avatar SUELY PERES disse:

    Achei legal essa sugestão para esse tipo de macarrão, que eu sempre usei ele em sopas e caldos por ser pequeno, mais a idéia foi ótima, e ficou lindo o prato. beijinhos

  • Avatar C. Liilian disse:

    Meeu Deeus, ver esse prato delicioso atiçou mais ainda a minha fome. Parece seer apetitoso, ainda mais q tem macarrão. adorei a dica. Beeijos e to seguindo (:

  • Avatar Renata Silva disse:

    Ai Meu DEUS…TATI
    Deve ter ficado demais…Tenho sempre em casa esse macarrão vou seguir sua DICA…Parabens!!!

  • Afff… Maria! Que delicia de macarrão! Ficou linda as fotos, babei tudo no teclado aqui! Maravilhoso Tati! Bjinhos