Pizza da Vó Elza

Nem vou falar da minha avó amada porque é ser humano demais para caber num post. Quem sabe um dia vire um livro. Beijo vó!!!!!!!! (Mora lá em Campo Grande-MS).
Nem sei por que nunca fiz essa receita, já que minha avó faz essa pizza desde sempre e a família toda adora. A massa fica bem crocante, uma delícia! E é bem simples de fazer.

Para um disco grande, que eu resolvi fazer em um refratário retangular só para contrariar (ainda sobrou massa e deu mais uma pizza brotinho), basta misturar:
– 2 copos de farinha (o copo usado tem 200 ml);
– 1 colher (sopa) de fermentoquímico em pó;
– 1 colher (chá) rasa de sal;
– 1/2 colher (chá) de açúcar;
– 1 ovo;
– 50 ml de óleo
– Água morna até dar ponto e desgrudar das mãos (você vai usar entre 50 e 100 ml de água).

Não precisa sovar muito, só misturar mesmo até desgrudar das mãos. Unte uma assadeira com um pouco de óleo ou azeite e ajeite a massa no fundo (ela cresce um pouquinho no forno, então faça uma camada fininha).


Espalhe sobre a massa crua uma camada fina de molho de tomate (usei molho pronto mesmo) e cubra com o recheio que quiser. Eu gosto de colocar o queijo por baixo e os outros ingredientes por cima, porque como ela vai ficar um bom tempo no forno, se colocar o queijo por cima ele resseca.Usei queijo muçarela, 1 lata de atum ralado, rodelas de tomate, ervilhas frescas, cebola e orégano.


Leve para assar em forno médio por cerca de 30 minutos. Lembrando que o tempo de forno pode variar muito conforme a marca de cada um, então abra o forno e veja se a massa já está crocante.


É claro que você não vai querer comparar massa de pizza caseira com massa de pizzaria que tem forno à lenha, mas vai por mim que essa fica bem gostosa!

Ficou com dúvida?

Veja minha página de dúvidas frequentes