Trança de Coco

Eu estava com uma vontade enorme de comer pão doce de padaria, mas resolvi colocar a mão na massa ao invés de sair p/ comprar. Peguei uma receita antiga e mandei bala na máquina de fazer pão. Usei a função “massa” (que serve para amassar os ingredientes e deixar a massa crescer), por isso, quem não tem máquina pode fazer sem problemas.

Ingredientes para 1 trança grande:
50 ml de água morna
50g de manteiga s/ sal derretida
2 ovos
1 colher (café) de essência de baunilha
2/3 xícara de açúcar
1/2 colher (café) de sal
250g a 350g de farinha de trigo (pode ser que use um pouco mais ou menos)
1/2 pacote (ou 5g) de fermento instantâneo seco para pães


Para quem tem máquina é só colocar os ingredientes na ordem acima e ligar no ciclo “massa”, no caso da minha máquina é a opção “8”. Ela vai amassar e deixar crescer, depois disso você retira a massa da máquina e continua o processo (demora cerca de 1h 30min).
Para quem não tem máquina é só misturar os ingredientes acima e ir colocando a farinha aos poucos, até desgrudar das mãos (você pode usar um pouco mais ou menos da quantidade indicada). Deixe a massa crescer em local abafado por 40 minutos a 1 hora (eu gosto de colocar um papel filme sobre a bacia e deixar dentro do forno desligado).
Na sequência, é só dar o formato que você quiser. Eu dividi em 3 partes, fiz 3 “cobras” (igual a gente fazia com massinha na escola manja?) e fiz uma trança. 
Depois de modelado deixe crescer mais 20 minutos e leve para assar em 200º até dourar a superfície.
O creminho de cima é aquele pudim de caixinha, porque essa cozinheira aqui é toda trabalhada na preguiça! O melhor para fazer isso é o de baunilha, mas eu só achei o de coco e fiz com esse mesmo. Para essa receita você vai usar 1/3 do pudim pronto. Prepare conforme as instruções da embalagem, deixe esfriar em temperatura ambiente, cubra o pão com o pudim e polvilhe coco ralado. 
Ficou bem gostoso, a massa é uma delícia, mas vou pedir uma coisa p/ vocês: não usem pudim de caixinha… é UÓ!!! Tem gosto de remédio! hahahaha…. façam um creminho de confeiteiro honesto (tá cheio de receitas na net, “caça” aí) combinado?

11 comentários abaixo sobre Trança de Coco

  • Oi Tati, vou fazer esta rosca linda e bem fácil. Domingo no café da manhã ela vai ser destaque em minha mesa.Bjs.

  • Daniela ele não é igual ao fresco mesmo, não deixa a massa tão úmida, mas não sei dizer porque as suas ficaram duras. Eu prefiro o fermix ou Dr Oetker, o da fleischmann eu não dei sorte, nunca dá certo quando uso ele.
    Bjs

  • Oi Taty,

    eu tinha comprado um fermento seco na padaria e fiz um outro pao, e deu errado. Ficou parecendo uma broa, duro, odiei!!!! Eu nunca havia usado o fermento seco.
    Achei que era a receita.
    Aí usei o restante do mesmo fermento para fazer essa receita aí. Ficou super duro também. Quase desisti de fazer pão forever… kkk (E olha que sempre faço com fermento fresco e fica ótimo!!!)
    Você acha que pode ser o fermento? Já aconteceu isso com vc?

    Obrigada e abraços!
    Daniela

  • GENTE, VOU QUERER!!!! Nossa senhora da dieta, me ajuda!

  • Está perfeita, que maravilha deve ser!

  • Oi Tati, estava louca atrás de uma receita de pão doce! Já está anotada e pode deixar que o pudim de caixinha será descartado, rsrs.

    Bjins!

  • Avatar Laura disse:

    Oi Tati,
    uma opção seria jogar leite condensado em cima e coco ralado. Melhor do que o pudim de caixinha

    Bjs.

  • Avatar Bruna Pereira disse:

    Nossa que perdição! Já salvei, vou tentar fazer!

  • Avatar Vania disse:

    Oi Tatiana,boa tarde !!
    Quase senti o perfume é, pq pão doce é perfumado !
    Tenho a máquina mas nunca arrisquei este pão…hummm tudo de bom!!
    Beijo.

  • Avatar Paty_Gidi disse:

    Adorei a dica de não usar o pudim de caixinha!

    Honestidade é tudo meu bem! 🙂

    bjosss